Ex dirigentes do Corinthians são denunciados por crime fiscal

Ex dirigentes do Corinthians são denunciados por crime fiscal

Por Larissa Emanuelle

Andrés e outros ex dirigentes estão sendo denunciados

Andrés e outros ex dirigentes estão sendo denunciados

O ex presidente Andrés Sanchez, assim como Raul Corrêa da Silva, André Luiz de Oliveira e Roberto Andrade de Souza estão sendo acusados por sonegação de impostos entre 2007 e 2010. Estes estão enquadrados no artigo 2° da lei contra crimes tributários.

Os ex dirigentes alvinegros teriam sonegado R$ 94 milhões, mas a Justiça Federal também utiliza o valor de R$ 120 milhões, incluindo INSS entre outras taxas não pagas. O Ministério Público afirma que houve benefícios ao clube alvinegro e que ha indícios.

Apesar das acusações, o departamento jurídico do Corinthians afirmou que "já há um acordo que está sendo cumprido, com pagamentos dos atuais impostos e também dos anteriores". Ainda foi comentado que naquele período, o clube não tinha condições de pagar os impostos.

A pena para este crime vai de seis meses à dois anos. O artigo que os ex dirigentes estariam enquadrados diz que é proibido "deixar de recolher, no prazo legal, valor de tributo ou de contribuição, descontado ou cobrado, na qualidade de sujeito passivo de obrigação e que deveria recolher aos cofres públicos".

O ex presidente e conselheiro vitalício do clube, Andrés Sanchez, está a frente da Arena Corinthians, o novo estádio do Timão, mas já anunciou que deixará o comando ainda neste mês, no dia 18. O mesmo teria afirmado que está chateado com acusações de pessoas dentro do clube, assim como torcedores. Atualmente, o mesmo é candidato ao cargo de deputado federal na próxima eleição.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes