Timão promete 'grande lateral' e negocia com Júlio César, destaque do Goiás

Timão promete 'grande lateral' e negocia com Júlio César, destaque do Goiás

Por Meu Timão

Júlio César em lance pelo Goiás

Júlio César em lance pelo Goiás

Foto: Site Oficial do Goiás

Com Marcinho em baixa, o Corinthians segue sua caça por um lateral-esquerdo renomado para disputar a Taça Libertadores em 2010. Depois de conversar com Sylvinho, agora no Manchester City, e flertar com o pentacampeão Roberto Carlos, o Timão parte para uma solução de dentro do país. Júlio César, destaque do Goiás no Campeonato Brasileiro, é um dos nomes preferidos da direção e do técnico Mano Menezes.

A negociação, aliás, já caminha para um final feliz. Apesar de estar na briga pelo título e por uma vaga na Libertadores, o Goiás não tem qualquer poder sofre Júlio César. O jogador tem os direitos federativos presos ao Cruzeiro, que está disposto a negociá-lo. O contrato dele com a Raposa termina em 31 de dezembro de 2010.

- Vamos trazer um grande nome para a lateral, mas ainda não está fechado. O Júlio César é um jogador de muito potencial e interessa, assim como interessa a outros clubes também – afirmou o diretor de futebol Mário Gobbi Filho.

Júlio César, de 27 anos, nasceu em São Paulo, mas começou a carreira no Bangu, em 2002. Depois, passou por América-RN, Flamengo, Marília, Cruzeiro e Náutico, antes de ser contratado pelo Goiás em 2008. Neste Brasileirão, se transformou em uma peça fundamental da equipe, marcando quatro gols. Contra o Corinthians, há duas semanas, criou as principais jogadas ofensivas na goleada por 4 a 1, em pleno Pacaembu.

-  Vou ser sincero. Nem conto com o Júlio César para o ano que vem, porque o seu passe pertence ao Cruzeiro e já se fala em interesse de diversos clubes em levá-lo - lamentou o técnico do Goiás, Hélio dos Anjos.

Desde que André Santos foi vendido ao Fenerbahce-TUR, o Corinthians procura um novo lateral. Sylvinho era dado como certo no clube, mas acabou acertando com o Manchester City. Roberto Carlos foi indicado por Ronaldo, porém, a contratação não teve a aprovação do técnico Mano Menezes.

Assim, o treinador foi obrigado a recorrer a jogadores do próprio elenco. Entretanto, as alternativas pouco renderam. O meia Marcinho foi transformado em lateral, mas vem falhando muito, enquanto o paraguaio Balbuena é considerado extremamente defensivo. Marcelo Oliveira ainda não conseguiu vencer sua luta contra as lesões e Escudero se recupera de cirurgia no joelho esquerdo. As outras possibilidades são os garotos Bruno Bertucci e Dodô.

- Nós temos um jogador para colocar mais na marcação, que é o Balbuena. Ele entrou bem contra o Santos. Tenho que ver a evolução do Marcinho, que nunca havia jogado na lateral. Eu gostaria de ter colocado o Marcelo Oliveira, mas ele teve uma dificuldade clínica. Tem o Escudero também – disse Mano.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Julio Cesar substituiria André Santos a sua altura?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes