De virada, Corinthians goleia na Arena e garante mais três pontos

Corinthians Corinthians 5 x 2 Goiás Goiás

Brasileirão 2014

De virada, Corinthians goleia na Arena e garante mais três pontos

Por Meu Timão

Guerrero marcou o primeiro gol do Timão

Guerrero marcou o primeiro gol do Timão

Foto: Eduardo Viana/Lancepress

Um jogo complicado. Esse pode ser o resumo simplório da partida de hoje, realizada em Itaquera, contra o Goiás.

A equipe da região central do Brasil veio na proposta de se defender e, quando desse, atacar o Timão e arrancar algo a mais do que um empate. E, por incrível que pareça, essa proposta começou dando certo.

Logo aos dez minutos de jogo, uma jogada manjada foi feita e o gol do Goiás saiu: enfiada de bola de David e Thiago Mendes pegou a bola e, cara a cara com Cássio, não perdoou. Um a zero esmeraldino.

Mas engana-se quem pensa que o Corinthians se assustou com essa situação. Com boas jogadas e algumas bolas chutadas de fora da área, principalmente com Jadson, o Timão foi crescendo no jogo. E, grande parte desse crescimento, pode ser colocado na conta da torcida que fez uma festa linda na Arena.

E a pressão alvinegra funcionou. Aos 22 minutos do primeiro tempo, em uma jogada que virou rotina nos jogos do Corinthians, Jadson cruzou e Guerrero cabeceou. Jogo empatado e era o momento de ter calma. O Timão continuou pressionando a equipe alviverde, mas não conseguiu sorte melhor no primeiro tempo.

A equipe desceu para o vestiário com a certeza de que poderia vir algo melhor.

Segundo Tempo Emocionante e o Descontrole de Mano

O segundo tempo parecia uma continuação da primeira etapa. O Corinthians esteve em cima e o Goiás, na figura do goleiro Renan, foi se segurando como pôde. E, em uma das ironias do futebol, o Timão foi punido.

Aos 15 minutos, Lima cobrou uma falta lateral e Jackson, sozinho, virou o jogo para o Corinthians. A melhor defesa do campeonato tomava dois gols completamente infantis. Nesse momento o técnico Mano Menezes, que há muito já vinha sendo advertido, acabou sendo expulso da lateral do campo.

O Corinthians, que tinha tudo para se descontrolar, voltou para o jogo. Logo após o gol do Goiás, a reação do Timão: aos 19 minutos Renato Augusto arriscou para o gol, após boa jogada de Renato Augusto e, Elias, o predestinado, desviou a bola e empatou o jogo.

A partir de então, a pressão foi total e a estrela do uruguaio brilhou. Em seu primeiro lance, bateu uma falta para dentro da área e Luciano, sozinho, desviou a bola para dentro do gol. Virada do Corinthians e sensação de alívio na Arena.

Mas o Corinthians estava insaciável. Em um contra-ataque rápido, Jadson lançou Luciano que cortou um zagueiro e bateu de fora da área. Aos 39 minutos do segundo tempo o Corinthians massacrava outra equipe alviverde.

Um jogo complicado. Esse pode ser o resumo simplório da partida de hoje, realizada em Itaquera, contra o Goiás.

A equipe da região central do Brasil veio na proposta de se defender e, quando desse, atacar o Timão e arrancar algo a mais do que um empate. E, por incrível que pareça, essa proposta começou dando certo.

Logo aos dez minutos de jogo, uma jogada manjada foi feita e o gol do Goiás saiu: enfiada de bola de David e Thiago Mendes pegou a bola e, cara a cara com Cássio, não perdoou. Um a zero esmeraldino.

Mas engana-se quem pensa que o Corinthians se assustou com essa situação. Com boas jogadas e algumas bolas chutadas de fora da área, principalmente com Jadson, o Timão foi crescendo no jogo. E, grande parte desse crescimento, pode ser colocado na conta da torcida que fez uma festa linda na Arena.

E a pressão alvinegra funcionou. Aos 22 minutos do primeiro tempo, em uma jogada que virou rotina nos jogos do Corinthians, Jadson cruzou e Guerrero cabeceou. Jogo empatado e era o momento de ter calma. O Timão continuou pressionando a equipe alviverde, mas não conseguiu sorte melhor no primeiro tempo.

A equipe desceu para o vestiário com a certeza de que poderia vir algo melhor.

Segundo Tempo Emocionante e o Descontrole de Mano

O segundo tempo parecia uma continuação da primeira etapa. O Corinthians esteve em cima e o Goiás, na figura do goleiro Renan, foi se segurando como pôde. E, em uma das ironias do futebol, o Timão foi punido.

Aos 15 minutos, Lima cobrou uma falta lateral e Jackson, sozinho, virou o jogo para o Corinthians. A melhor defesa do campeonato tomava dois gols completamente infantis. Nesse momento o técnico Mano Menezes, que há muito já vinha sendo advertido, acabou sendo expulso da lateral do campo.

O Corinthians, que tinha tudo para se descontrolar, voltou para o jogo. Logo após o gol do Goiás, a reação do Timão: aos 19 minutos Renato Augusto arriscou para o gol, após boa jogada de Renato Augusto e, Elias, o predestinado, desviou a bola e empatou o jogo.

A partir de então, a pressão foi total e a estrela do uruguaio brilhou. Em seu primeiro lance, bateu uma falta para dentro da área e Luciano, sozinho, desviou a bola para dentro do gol. Virada do Corinthians e sensação de alívio na Arena.

Mas o Corinthians estava insaciável. Em um contra-ataque rápido, Jadson lançou Luciano que cortou um zagueiro e bateu de fora da área. Aos 39 minutos do segundo tempo o Corinthians massacrava outra equipe alviverde.

E ainda cabia mais. Aos 43, Luciano fez o hat-trick. Em uma boa bola recebida na entrada da área, o atacante não perdoou. Um belo chute e mais um gol para a conta do centroavante.

No final da partida, a torcida pôde se deliciar e gritar olé. A festa estava completa, a casa tomada e o espetáculo consolidado. Foram ao jogo 26.486 pessoas para uma renda de e renda de R$ 1.465.164,00.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corint

  • 1000 caracteres restantes