Corinthians pode ficar só com dois atacantes para o jogo com o Fluminense

Corinthians pode ficar só com dois atacantes para o jogo com o Fluminense

Por Meu Timão

Mano enfrentará problemas para montar o Timão

Mano enfrentará problemas para montar o Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A possibilidade de perder Romarinho para o El Jaish, do Catar, e a suspensão de Guerrero, expulso contra o Grêmio, podem gerar um problema imenso para o jogo contra o Fluminense, neste domingo, na Arena.

Com apenas quatro atacantes experientes no elenco, Mano Menezes vai tentar lidar com os desfalques e montará o ataque com Luciano e Romero. Caso essa formação aconteça, apenas Malcom, de 17 anos, estará no banco de reservas. Ele tem participado de jogos pela equipe sub-20, mas pode ser chamado em situações específicas.

- O prejuízo existe. Não podemos achar que perder quatro jogadores por convocações em um jogo decisivo não vai trazer um prejuízo. Esperamos que seja reparável. Já me manifestei sobre isso, estando na situação A, e estando na situação B - declarou Mano Menezes falando sobre a convocação de Gil, Elias, Guerrero e Lodeiro.

A possível perda de Romarinho só apressa a diretoria na busca de um nome para compor o ataque. Nilmar é o nome da vez, mas ainda não foram iniciadas as negociações.

Veja Mais:

  • Cia. do Terno usou o espaço máster no duelo do Corinthians com o São Paulo

    Corinthians tem reunião para oficializar patrocínio máster; clube tenta incluir cláusula

    ver detalhes
  • Auditoria revelou uma série de problemas desde a inauguração da Arena

    Reunião revela valor da dívida e expõe resultado de auditorias realizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Dentinho tem três títulos com a camisa do Corinthians

    Na torcida pelo título do Corinthians, Dentinho fala sobre possível retorno: 'Está próximo'

    ver detalhes
  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes