Corinthians pode ficar só com dois atacantes para o jogo com o Fluminense

Corinthians pode ficar só com dois atacantes para o jogo com o Fluminense

Por Meu Timão

5.0 mil visualizações 88 comentários Comunicar erro

Mano enfrentará problemas para montar o Timão

Mano enfrentará problemas para montar o Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A possibilidade de perder Romarinho para o El Jaish, do Catar, e a suspensão de Guerrero, expulso contra o Grêmio, podem gerar um problema imenso para o jogo contra o Fluminense, neste domingo, na Arena.

Com apenas quatro atacantes experientes no elenco, Mano Menezes vai tentar lidar com os desfalques e montará o ataque com Luciano e Romero. Caso essa formação aconteça, apenas Malcom, de 17 anos, estará no banco de reservas. Ele tem participado de jogos pela equipe sub-20, mas pode ser chamado em situações específicas.

- O prejuízo existe. Não podemos achar que perder quatro jogadores por convocações em um jogo decisivo não vai trazer um prejuízo. Esperamos que seja reparável. Já me manifestei sobre isso, estando na situação A, e estando na situação B - declarou Mano Menezes falando sobre a convocação de Gil, Elias, Guerrero e Lodeiro.

A possível perda de Romarinho só apressa a diretoria na busca de um nome para compor o ataque. Nilmar é o nome da vez, mas ainda não foram iniciadas as negociações.

Veja Mais:

  • Corinthians conquistou o Paulistão-2018 em pleno Allianz Parque

    Corinthians conhece seu grupo no Campeonato Paulista de 2019; mata-mata terá VAR

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians tem 'pepino' de mais de R$ 21 milhões em 2018

    Déficit do Corinthians aumenta em 2018 e ultrapassa R$ 21 milhões; dívida total é de R$ 504 mi

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez promete reforços 'de cancha' ao Corinthians do técnico Jair Ventura

    Andrés Sanchez promete tentar contratação de 'jogadores de cancha' para Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

    Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes