Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

2.0 mil visualizações 30 comentários

Por Meu Timão

Julgamento de Petros foi adiado

Julgamento de Petros foi adiado

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O recurso do Corinthians para tentar evitar a punição do meia Petros, no STJD, por causa da agressão ao árbitro Raphael Claus, não será mais julgado nesta sexta-feira.

O auditor do Pleno da corte desportiva, chamado Gabriel Marciliano Júnior, não poderá comparecer à sessão por estar em viagem. Sendo assim, todos os casos cuja relatoria pertenciam a ele foram tirados da pauta. O tribunal informou que ainda não há nova data para o julgamento.

Em primeira instância, o jogador foi punido com 180 dias de suspensão por causa do ocorrido. O Timão, no entanto, conseguiu um efeito suspensivo e recorreu para que o meia não precisasse pagar de imediato a punição.

Veja Mais:

  • Live do Meu Timão: mercado da bola no Corinthians | Chegadas e saídas

    VÍDEO: Live do Meu Timão: mercado da bola no Corinthians | Chegadas e saídas

    ver detalhes
  • Corinthians tem cerca de 75 mil associados no Fiel Torcedor

    Corinthians desmente informação sobre queda no número de sócios após manifestações

    ver detalhes
  • Gobbi é o favorito da Fiel entre as opções prováveis para a eleição

    Ex-presidente do Corinthians é o favorito da Fiel em enquete sobre eleição; situação fica em último

    ver detalhes
  • Irmãos alvinegros emocionaram a internet com vídeo fofo que viralizou

    Pequeno corinthiano se emociona ao ganhar primeiro pedaço do bolo de irmão e vídeo viraliza; assista

    ver detalhes
  • Ramiro disse que elenco aceitou manter redução para ajudar funcionários

    O que você pensa da redução de salário dos jogadores do Corinthians? Responda a enquete do Meu Timão

    ver detalhes
  • Jô segue na mira do Corinthians para reforçar o ataque alvinegro

    Diretor confirma que Corinthians acompanha situação de Jô diariamente, mas prega cautela

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: