Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Por Meu Timão

Julgamento de Petros foi adiado

Julgamento de Petros foi adiado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O recurso do Corinthians para tentar evitar a punição do meia Petros, no STJD, por causa da agressão ao árbitro Raphael Claus, não será mais julgado nesta sexta-feira.

O auditor do Pleno da corte desportiva, chamado Gabriel Marciliano Júnior, não poderá comparecer à sessão por estar em viagem. Sendo assim, todos os casos cuja relatoria pertenciam a ele foram tirados da pauta. O tribunal informou que ainda não há nova data para o julgamento.

Em primeira instância, o jogador foi punido com 180 dias de suspensão por causa do ocorrido. O Timão, no entanto, conseguiu um efeito suspensivo e recorreu para que o meia não precisasse pagar de imediato a punição.

Veja Mais:

  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes