Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Por Meu Timão

Julgamento de Petros foi adiado

Julgamento de Petros foi adiado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O recurso do Corinthians para tentar evitar a punição do meia Petros, no STJD, por causa da agressão ao árbitro Raphael Claus, não será mais julgado nesta sexta-feira.

O auditor do Pleno da corte desportiva, chamado Gabriel Marciliano Júnior, não poderá comparecer à sessão por estar em viagem. Sendo assim, todos os casos cuja relatoria pertenciam a ele foram tirados da pauta. O tribunal informou que ainda não há nova data para o julgamento.

Em primeira instância, o jogador foi punido com 180 dias de suspensão por causa do ocorrido. O Timão, no entanto, conseguiu um efeito suspensivo e recorreu para que o meia não precisasse pagar de imediato a punição.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes