Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Julgamento de Petros no Pleno do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva é adiado

Por Meu Timão

Julgamento de Petros foi adiado

Julgamento de Petros foi adiado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O recurso do Corinthians para tentar evitar a punição do meia Petros, no STJD, por causa da agressão ao árbitro Raphael Claus, não será mais julgado nesta sexta-feira.

O auditor do Pleno da corte desportiva, chamado Gabriel Marciliano Júnior, não poderá comparecer à sessão por estar em viagem. Sendo assim, todos os casos cuja relatoria pertenciam a ele foram tirados da pauta. O tribunal informou que ainda não há nova data para o julgamento.

Em primeira instância, o jogador foi punido com 180 dias de suspensão por causa do ocorrido. O Timão, no entanto, conseguiu um efeito suspensivo e recorreu para que o meia não precisasse pagar de imediato a punição.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes