Procuradoria do STJD solicita abertura de inquérito para entender situação de Petros

Procuradoria do STJD solicita abertura de inquérito para entender situação de Petros

Por Meu Timão

5.0 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Petros ainda é pivô da polêmica

Petros ainda é pivô da polêmica

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A polêmica ao redor de Petros parece não ter fim. Dessa vez, a Procuradoria Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitou a instauração de um inquérito para averiguar uma suposta irregularidade no registro do meia.

O STJD quer entender se houve violação de dois artigos do Códio Brasileiro de Justiça Disciplinar (CBJD): o 214 (escalação irregular) e/ou o 216 (que fala da 'entidade de prática desportiva que celebrar, no mesmo ato, dois ou mais contratos de trabalho consecutivos com o mesmo atleta, para períodos seguidos'), além do 191, inciso III (Deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento do Regulamento Geral da Competição).

Se for confirmada a irregularidade, o Corinthians pode perder 21 pontos no Brasileirão. Para esse tipo de caso, o CBJD prevê a perda de três pontos por jogo disputado pelo atleta irregular, além dos pontos conquistados no campo.

Em uma possível punição, o Corinthians iria para a zona do rebaixamento, além da eliminação na Copa do Brasil, já que Petros atuou em dois jogos contra o Bahia pela competição de mata-mata.

Até o momento, só a Chapecoense se manifestou, dizendo estudar a possibilidade de entrar com uma ação contra o Timão no STJD. O diretor jurídico do clube catarinense, Luis Sérgio Grochot, acredita que há irregularidade no 'caso Petros'.

Petros estava emprestado ao Corinthians pelo Hortolândia. No dia 1º, o Timão comprou os direitos do jogador, rescindindo o contrato de empréstimo com o clube do interior paulista e encaminhado os dados para registro na Federação Paulista.

O novo contrato , porém, só teria validade a partir do dia 2. Assim, Petros não poderia ter aparecido no BID no dia 1º.

Dessa forma, a inscrição só poderia ter sido feita na segunda, dia 4. Mas o jogador jogou domingo, dia 3 contra o Coxa, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se a inscrição estiver irregular, todos os jogos seguintes de Petros teriam sido na condição de jogador irregular.

De acordo com informações do blog 'Bastidores FC', os especialistas em direito desportivo divergem sobre o caso. Há quem veja irregularidade no registro do jogador, há quem não veja problema nenhum no caso.

Veja Mais:

  • Corinthians perdeu para o São Paulo, mas se manteve na mesma posição na tabela do Brasileiro

    Corinthians não perde posições mesmo com derrota; veja tabela atualizada do Brasileirão

    ver detalhes
  • Pedrinho e Romero já tiveram bom rendimento atuando juntos

    Concorrentes para Loss, Pedrinho e Romero vinham jogando juntos com Carille; relembre rendimento

    ver detalhes
  • Corinthians já lucrou quase R$ 100 milhões com negociação de jogadores

    Balanço do Corinthians previa R$ 50 milhões em vendas, mas clube já arrecadou quase o dobro em 2018

    ver detalhes
  • O apresentador e ex-jogador Neto se irritou com o momento atual do Corinthians

    Ex-jogadores do Corinthians comentam derrota no Majestoso nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes