Em jogos da primeira divisão, a execução do Hino Nacional agora é obrigatória

Em jogos da primeira divisão, a execução do Hino Nacional agora é obrigatória

Por Larissa Emanuelle

Timão fez homenagem para Ayrton Senna este ano durante a execução do Hino Nacional, na Copa do Brasil

Timão fez homenagem para Ayrton Senna este ano durante a execução do Hino Nacional, na Copa do Brasil

Os clubes, a arbitragem e seus torcedores já estão acostumados com a "cerimônia" antes de começar a partida. As equipes e o trio ou quarteto de arbitragem se posicionando para a execução do Hino Nacional. Agora, esta ação é obrigatória.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, todas as equipes da Série A escutarão o hino feito por Francisco Manuel da Silva e Joaquim Osório Duque Estrada. O Hino Nacional precisará ser executado alguns minutos antes de começar o jogo, como anuncia a Associação de Cronistas Esportivos do Brasil.

Esta medida não era feita em todos os estados do Brasil e alguns também executam os hinos das cidades ou até mesmo do Estado. No entanto, agora vale para todos os jogos que acontecerem no Brasileirão Série A 2014.

Já com essa obrigação em vigor, o Corinthians entra em campo nesta quinta-feira, para enfrentar o Atlético Mineiro, pelo Campeonato Brasileiro, em sua Arena. A equipe comandada por Mano Menezes está na quarta posição da tabela.

Veja Mais:

  • Zagueiro Pablo está recuperado e deve reforçar Timão no domingo

    Titular retorna, e Carille esboça escalação do Corinthians para duelo com Atlético-GO

    ver detalhes
  • Mendoza segue a rotina de treinos durante a semana e folga aos finais de semana

    Clube colombiano demonstra interesse em Mendoza; Corinthians já tem decisão tomada

    ver detalhes
  • Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    ver detalhes
  • Felipe está em alta no Porto, mas Corinthians ainda não viu a cor de boa parte da grana da venda

    Porto atrasa pagamento da compra de Felipe, e Corinthians teme calote milionário

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes