Mano sugere pedir para não ter novos convocados

Mano sugere pedir para não ter novos convocados

Por Meu Timão

2.6 mil visualizações 52 comentários Comunicar erro

Mano não quer convocados

Mano não quer convocados

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Mano Menezes vai tomar uma medida drástica. Diante dos desfalques de quatro importantes jogadores, Gil, Lodeiro, Guerrero e Elias, o treinador pensa em solicitar às federações que não convoquem mais os atletas alvinegros.

- Eu penso que cabe aos clubes fazerem suas solicitações. É uma data importante para a gente. Quanto à confederação, dependemos de sua sensiblidade, mas nossa obrigação pelo clube é fazer solicitação e acredito que o clube vai fazer - afirmou o comandante em entrevista concedida no CT Joaquim Grava.

Além disso, o treinador criticou o calendário, mas preferiu não polemizar demais sobre o assunto.

- Discutir isso é meio que chover no molhado. Não vou solucionar o problema do calendário do futebol brasileiro. Mais na frente talvez possamos evoluir. Por enquanto temos de traçar estratégias para minimizar - completou o treinador.

Além de todos esses assuntos, o treinador afirmou que se virou com o que tinha e fez questão de exaltar a qualidade do elenco que tem em mãos.

- Não fomos perfeitos, mas estamos dentro da normalidade com nosso grupo qualificado do jeito que está - finalizou.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians receberá novo treino aberto à Fiel

    Mais de 100 mil torcedores já foram à Arena Corinthians em treinos abertos; veja vídeos de todos

    ver detalhes
  • Ayrton Lucas está na mira do Corinthians para 2019

    Corinthians mira contratação de lateral do Fluminense para 2019

    ver detalhes
  • Rodriguinho trocou o Corinthians pelo Pyramids FC em julho

    Imprensa egípcia anuncia fim da grana no clube de Rodriguinho; Corinthians está tranquilo

    ver detalhes
  • Torcedor apaixonado pelo Corinthians, Senna é inspiração de novo uniforme

    Nova terceira camisa do Corinthians ganha data de lançamento

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes