Renato Augusto detona árbitro e vê injustiça no resultado Corinthiano

Renato Augusto detona árbitro e vê injustiça no resultado Corinthiano

Por Larissa Emanuelle

Para Renato Augusto o Corinthians merecia um empate

Para Renato Augusto o Corinthians merecia um empate

O resultado do jogo contra o Flamengo gerou críticas à atuação do Corinthians, mas o meia Renato Augusto não acredita que a equipe merecia perder. O camisa oito ainda reclamou da atuação do árbitro Sandro Meira Ricci.

"Muito impedido. O próprio Eduardo (da Silva) tocou na bola e parou, viu que estava impedido. O bandeira não viu. Eles se fecharam, a gente tentou entrar e não conseguiu".

"Não foi pênalti. Uma coisa é a bola vir de longe e o jogador botar a mão, mas chutou na mão dele. O Sandro fez boa partida, correu bem, mas os erros estão nos prejudicando".

Para Renato Augusto, o Corinthians não realizou uma excelente partida, mas merecia pelo menos a conquista de um ponto fora de casa.

"Achei que não fizemos um bom jogo, mas não fizemos um jogo para perder. Flamengo não fez mais que a gente, o empate seria mais justo".

O Corinthians enfrenta a Chapecoense na próxima rodada, às 19h30 da quinta-feira, na Arena Corinthians. O jogo ainda é válido pelo Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians/Audax atropelou Cerro Porteño em solo paraguaio

    Mulherada do Corinthians/Audax goleia donas da casa e se classifica para final da Libertadores

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians que se prepare: reta final do Brasileirão promete altas emoções

    Fim da rodada: Corinthians mantém vantagem, mas rivais alcançam Grêmio e embolam classificação

    ver detalhes
  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Maltos brilhou diante do Grêmio, na Arena do adversário

    Goleiro defende quatro pênaltis, Corinthians bate Grêmio e avança na Copa do Brasil Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes