Multa de Pato seria de R$ 5 milhões e não R$ 1 milhão para enfrentar o Corinthians

Multa de Pato seria de R$ 5 milhões e não R$ 1 milhão para enfrentar o Corinthians

Por Meu Timão

21 mil visualizações 110 comentários Comunicar erro

Pro Pato jogar, São Paulo tem que pagar R$5 milhões

Pro Pato jogar, São Paulo tem que pagar R$5 milhões

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O jornalista Vitor Birner divulgou, hoje, em um post que a multa para que Alexandre Pato disputasse o clássico contra o Corinthians seria de R$ 5 milhões de reais e não R$ 1 milhão como vinha sendo especulado.

A justificativa do jornalista é que o São Paulo queria esse valor, mas o departamento jurídico do alvinegro exigiu os cinco milhões para se blindar contra o atleta. Além disso, a direção corinthiana criou outros mecanismos para evitar que Pato jogue contra o ex-clube.

Entre esses mecanismos estão: o São Paulo, se quiser bancar a multa, precisa avisar 24 horas antes do jogo; o Corinthians precisa ACEITAR o dinheiro e enviar os documentos para o jogador e, mesmo que o São Paulo pague os cinco milhões e o Corinthians não libere o atacante, o contrato de empréstimo pode se rescindido.

O jornalista ainda afirmou que o preço para que Jadson entre em campo é o mesmo do de Pato: 5 milhões de reais.

Veja Mais:

  • Michel Macedo chegou a negociar com o Corinthians no meio da temporada

    Corinthians volta a negociar com o lateral-direito Michel, ex-Las Palmas; atleta viria em definitivo

    ver detalhes
  • Em posição irregular, Leandro Damião anotou gol ilegítimo sobre Corinthians

    Auxiliar que prejudicou Corinthians contra o Internacional é afastado da Série A

    ver detalhes
  • Ralf pode retomar titularidade para decisão contra os cariocas

    De provável retorno a possíveis novidades: o panorama do Corinthians para a decisão de quarta-feira

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou o Corinthians em julho e hoje atua no Pyramids (EGI)

    No Egito, Rodriguinho exalta período no Corinthians e reafirma desejo de voltar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes