Corinthians não aprovou a camisa comemorativa para o clássico

Corinthians não aprovou a camisa comemorativa para o clássico

Por Meu Timão

Arena Corinthians receberá Corinthians x São Paulo

Arena Corinthians receberá Corinthians x São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nessa sexta-feira foi divulgado, inclusive aqui no Meu Timão, que o Corinthians iria fazer uma camiseta especial para o clássico contra o São Paulo no próximo domingo. Em nota, o clube nos alertou que a camisa não foi aprovada pelo Marketing e por conta disso, não será comercializada.

Confira a nota na íntegra

Na manhã desta sexta-feira (19), foi divulgada a informação de que o Corinthians lançaria uma camiseta especial e comemorativa do clássico contra o São Paulo, que acontecerá neste domingo. No entanto, o produto não será lançado e, consequentemente, comercializado.

O lançamento de camisetas temáticas faz parte de um projeto de itens colecionáveis/comemorativos para alguns eventos específicos do calendário anual, como, por exemplo, contratação do Elias, derby Corinthians e Palmeiras, entre outros.

Esta camisa em questão não fazia parte dos itens aprovados pelo Marketing do Corinthians e foi equivocadamente divulgada pela SPR, parceira de franquias da rede de lojas Poderoso Timão.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes