Novo jogo ruim do Corinthians deixa Mano sob pressão, e clássico vira vital

Novo jogo ruim do Corinthians deixa Mano sob pressão, e clássico vira vital

Novo jogo ruim do Corinthians deixa Mano sob pressão, e clássico vira vital

Novo jogo ruim do Corinthians deixa Mano sob pressão, e clássico vira vital

O Corinthians voltou a mostrar futebol de baixa qualidade na noite desta quinta-feira no empate por 1 a 1 com a Chapecoense na Arena Corinthians. A situação está se tornando frequente e, consequentemente, pressionando Mano Menezes no comando do time. Por conta disso, o clássico contra o São Paulo, domingo, ganhou ainda mais em importância para o treinador.

O futebol de pouca qualidade foi muitas vezes maquiado por bons resultados. Só que a sequência corintiana atual no Brasileiro é de apenas seis pontos, dos últimos 18 disputados (1 vitória, 3 empates e 2 derrotas).

A paciência dos torcedores está no limite. Após o confronto contra a Chapecoense, manifestações de revolta com o time foram ouvidas: 'Se domingo não ganhar, o pau vai quebrar', cantou uma pequena parte da torcida.

'Nos propusemos a um trabalho de transformação e penso que já poderíamos estar com resultados mais convincentes. Tenho autocrítica. Em alguns momentos as coisas não andam, e em outros, deslancham e vão bem. A responsabilidade é esse de quem estar no cargo e precisa vencer e convencer', disse Mano Menezes.

Convencer e com vitória contra o São Paulo certamente dará boa moral a Mano no clube. O jogo virou vital também pela realidade corintiana na tabela, com séria ameaça de sair do G-4. A luta pelo título já virou utopia.

'Nossa realidade é bastante clara. Quando você não consegue avançar, fica para brigar pelo G-4', destacou o comandante alvinegro.

Como técnico do Corinthians, Mano tem bom retrospecto contra o São Paulo.
Foram nove encontros com os são-paulinos entre 2008 e 2010 e dois este ano. O saldo é quatro vitórias e quatro empates e apenas uma derrota.

'Nessas horas temos que tirar força de algum lugar. Mostrar para o torcedor que embora as vezes o time decepcione, as vezes também damos alegrias. Principalmente em jogos grandes como esse (contra o São Paulo)', destacou Mano Menezes.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes