Para sair em vantagem, Mano já fala em 'arriscar em alguns momentos' e em 'responsabilidade de vencer em casa'

Para sair em vantagem, Mano já fala em 'arriscar em alguns momentos' e em 'responsabilidade de vencer em casa'

Por Meu Timão

1.6 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Mano falou em 'responsabilidade de vencer em casa'

Mano falou em 'responsabilidade de vencer em casa'

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Mano Menezes vive um clima de pressão no Parque São Jorge e, para aliviar um pouco esse desconforto, o treinador sabe que uma vitória no jogo de hoje é importante.

O adversário, o perigoso Atlético Mineiro, promete fazer um jogo equilibrado, assim como as duas partidas realizadas pelas equipes no campeonato Brasileiro. E Mano parece saber bem disso:

- Já temos uma boa trajetória neste ano para saber como vamos nos comportar diante do Atlético. Penso que o adversário também tem a característica definida. Os jogos vão ser muito parecidos com aquele de Uberlândia e o que tivemos aqui, há bem pouco tempo. Com a diferença do regulamento - afirmou o treinador.

Na primeira rodada do campeonato, os alvinegros empataram sem gols e, na abertura do returno, o Timão venceu por 1 a 0 e aguentou a pressão do rival durante todo o segundo tempo.

- É o Atlético, né? Você sabe que do lado de lá tem muita qualidade. Não basta eu decidir como vai ser, porque o Levir pode decidir que não vai deixar. Vai depender da nossa competência. Certamente, teremos a estratégia de pressionar em alguns momentos. Em outros, o Atlético vai adiantar sua linha, e vamos ter que saber nos defender, como soubemos quando vencemos. É assim que se constrói resultado em jogos grandes - disse Mano.

A partir de segunda, mais problemas para Mano que não terá terá Gil e Elias, convocados para a Seleção Brasileira - que tirará Diego Tardelli do outro lado.

Lodeiro e Guerrero também podem ser baixas por estar a serviço de suas seleções. Os jogadores não atuarão na partida de volta da Copa do Brasil por estarem à serviço de suas seleções.

- Não adianta pensar no jogo de lá. Mesmo se tivéssemos todos lá, também jogaríamos para vencer aqui. Você tem a responsabilidade de fazer o resultado em casa no mata-mata. É muito mais difícil fazer na casa do adversário, com o ambiente contrário, depois. Então, a gente tem que propor o jogo e até se arriscar mais em determinados momentos para conquistar a vitória aqui - concluiu o treinador.

Veja Mais:

  • Destaque no Majestoso de sábado passado, Thiaguinho será titular diante do Vasco

    Com desfalques e dúvida na escalação, Corinthians recebe Vasco para 'jogo de seis pontos'

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Jadson está relacionado para o jogo deste sábado contra o Vasco

    Corinthians relaciona Jadson e outros 22 jogadores contra o Vasco; veja a lista

    ver detalhes
  • Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    [Lucas Faraldo] Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes