Para sair em vantagem, Mano já fala em 'arriscar em alguns momentos' e em 'responsabilidade de vencer em casa'

1.6 mil visualizações 49 comentários

Por Meu Timão

Mano falou em 'responsabilidade de vencer em casa'

Mano falou em 'responsabilidade de vencer em casa'

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Mano Menezes vive um clima de pressão no Parque São Jorge e, para aliviar um pouco esse desconforto, o treinador sabe que uma vitória no jogo de hoje é importante.

O adversário, o perigoso Atlético Mineiro, promete fazer um jogo equilibrado, assim como as duas partidas realizadas pelas equipes no campeonato Brasileiro. E Mano parece saber bem disso:

- Já temos uma boa trajetória neste ano para saber como vamos nos comportar diante do Atlético. Penso que o adversário também tem a característica definida. Os jogos vão ser muito parecidos com aquele de Uberlândia e o que tivemos aqui, há bem pouco tempo. Com a diferença do regulamento - afirmou o treinador.

Na primeira rodada do campeonato, os alvinegros empataram sem gols e, na abertura do returno, o Timão venceu por 1 a 0 e aguentou a pressão do rival durante todo o segundo tempo.

- É o Atlético, né? Você sabe que do lado de lá tem muita qualidade. Não basta eu decidir como vai ser, porque o Levir pode decidir que não vai deixar. Vai depender da nossa competência. Certamente, teremos a estratégia de pressionar em alguns momentos. Em outros, o Atlético vai adiantar sua linha, e vamos ter que saber nos defender, como soubemos quando vencemos. É assim que se constrói resultado em jogos grandes - disse Mano.

A partir de segunda, mais problemas para Mano que não terá terá Gil e Elias, convocados para a Seleção Brasileira - que tirará Diego Tardelli do outro lado.

Lodeiro e Guerrero também podem ser baixas por estar a serviço de suas seleções. Os jogadores não atuarão na partida de volta da Copa do Brasil por estarem à serviço de suas seleções.

- Não adianta pensar no jogo de lá. Mesmo se tivéssemos todos lá, também jogaríamos para vencer aqui. Você tem a responsabilidade de fazer o resultado em casa no mata-mata. É muito mais difícil fazer na casa do adversário, com o ambiente contrário, depois. Então, a gente tem que propor o jogo e até se arriscar mais em determinados momentos para conquistar a vitória aqui - concluiu o treinador.

Veja Mais:

  • Sainz esteve na Arena Corinthians em 2016

    Novo piloto da Ferrari gosta do Corinthians e prefere Ronaldo Fenômeno a ídolo do seu clube espanhol

    ver detalhes
  • Grupo com maioria de palmeirenses compareceu a ato contra corinthianos na Avenida Paulista

    Grupo responde manifestação pró-democracia de corinthianos em tom de ameaça

    ver detalhes
  • Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    VÍDEO: Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    ver detalhes
  • Carlão vestiu as cores do Corinthians entre 2005 e 2008

    Título, queda e reestruturação: Carlão relembra trajetória de extremos no Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante teve passagem curta no Fortaleza antes de rumar à Europa

    Setorista do Fortaleza se surpreende com iminente chegada de Léo Natel ao Timão: 'Bom para Série B'

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade explica contratação de quarteto no Corinthians e cita até problema familiar

    VÍDEO: Roberto de Andrade explica contratação de quarteto no Corinthians e cita até problema familiar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: