Petros e Fábio Santos comemoram vitória e concordam que o time precisa render mais

Petros e Fábio Santos comemoram vitória e concordam que o time precisa render mais

Por Meu Timão

Petros falou após a partida de hoje

Petros falou após a partida de hoje

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O jogo de hoje foi fantástico para o Timão. Vitória com autoridade, time bem compacto e sem tomar nenhum gol do perigoso ataque do Atlético. Contudo, os resultados ruins de jogos passados ainda atormentavam os jogadores do Timão. E Petros desabafou na saída do campo:

- Lá em Curitiba, contra o Atlético Paranaense, foi um jogo aquém e sabemos que precisamos melhorar. A gente não joga sem raça e, posso falar por mim, saio dos jogos esgotados. O Corinthians é time de raça, de tradição e saímos com um bom resultado. Precisamos de duas, três vitórias seguidas para trazer o torcedor de volta. Vamos brigar por essas vagas na Libertadpres.

O experiente lateral Fábio Santos seguiu essa mesma linha de raciocínio do meia e ainda falou das próximas partidas:

- Entendemos como funciona a Copa do Brasil. Fizemos dois gols e não tomamos nenhum, então precisamos utilizar a inteligência para passar de fase. Nosso objetivo agora é mostrar que podemos jogar sempre bem. Temos dois jogos em casa e precisamos descansar para poder atuar bem - finalizou.

Boa Sorte aos dois e VAI CORINTHIANS!

Veja Mais:

  • Camisa que será usada na noite desta quarta-feira

    Corinthians divulga imagem do uniforme que será usado contra Palmeiras; confira

    ver detalhes
  • Com Balbuena e Pablo na defesa, Timão tenta derrotar arquirrival dentro de seus domínios

    Corinthians volta à Arena em primeiro teste de Carille contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes
  • Bandeiras de mastro na Arena Corinthians

    'O melhor treino para o maior clássico do mundo', por Bruno Teixeira Rolo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes