Mano celebra vantagem sobre o Atlético Mineiro e alfineta críticos

Mano celebra vantagem sobre o Atlético Mineiro e alfineta críticos

Por Larissa Emanuelle

Mano Menezes celebrou a boa vitória do Timão

Mano Menezes celebrou a boa vitória do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Pressionado pelos recentes resultados do Corinthians e alvo de protesto dos torcedores, o técnico Mano Menezes se mostrou satisfeito com o desempenho de sua equipe diante do Atlético Mineiro. A vantagem anima o comandante do Timão, que aproveitou para ironizar as críticas.

"Eu também saio confiante para ir a Belo Horizonte defender a vantagem que estabelecemos. A maior vantagem entre todas as equipes após a primeira rodada. O que é surpreendente para uma equipe que só joga atrás", afirmou o treinador.

A falta de um bom futebol da equipe Corinthiana colocou o técnico gaúcho como principal culpado pela fase do time no Campeonato Brasileiro, mas o mesmo ganhou apoio do presidente Mário Gobbi para continuar no cargo, A vitória sobre o Atlético da mais tranquilidade para o decorrer dos campeonatos.

Neste sábado, o Corinthians entra em campo para enfrentar o Atlético Mineiro, em sua Arena, pelo Campeonato Brasileiro. O jogo iniciará às 18h30 e uma vitória pode melhorar a colocação do time na competição.

Veja Mais:

  • Jogadores do Corinthians comemoraram (e muito!) gol de Jadson na Arena do Grêmio

    Paulo Roberto dá show, Cássio pega pênalti, Corinthians vence Grêmio e dispara rumo ao hepta

    ver detalhes
  • Comemoração do pênalti defendido pelo Cássio

    Na redação da Band, Neto comemora pênalti defendido por Cássio: 'AQUI É CORINTHIANS P...'

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor jogador do Corinthians na Arena do Grêmio

    Fiel destaca três corinthianos na vitória contra o Grêmio; Cássio recebe nota incrível

    ver detalhes
  • Mas foi Jadson quem mudou o placar na Arena Grêmio neste domingo

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians abre vantagem impressionante na liderança

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes