Mano pede que as cobranças caiam de forma adequada e não com 'interesses particulares'

Mano pede que as cobranças caiam de forma adequada e não com 'interesses particulares'

Por Meu Timão

960 visualizações 31 comentários Comunicar erro

Mano Menezes não aceita as cobranças ao seu trabalho

Mano Menezes não aceita as cobranças ao seu trabalho

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O treinador do Corinthians, Mano Menezes, tem clara dificuldade em entender as cobranças e protestos que vem sofrendo à frente do clube. Após a vitória contra o Atlético Mineiro, o treinador voltou a falar das manifestações da torcida contra o seu trabalho.

E "deixou no ar" a possibilidade dessas ações ter algo a mais do que o futebol apresentado pelo time.

- A gente não tem que ficar respondendo muito esse tipo de coisa (sobre manifestação). Algumas coisas sabemos que tem interesse peculiar, está ficando assim pela maneira como se disputam eleições atualmente, a parte política. Vamos ter que conviver com isso - afirmou o comandante do Timão, após o triunfo de ontem.

- A mim devem recair cobranças, claro. Só que penso que elas devem ser feitas de maneira adequada - completou Mano Menezes.

E, Mano Menezes falou tudo isso, graças às cobranças de cerca de 50 torcedores que foram ao CT Joaquim Grava com faixas, gritos e rojões. As músicas, em tom de cobrança e ameaça, foram dirigidas ao treinador e aos jogadores, acusados de terem vontade apenas diante do prêmio.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Roberto de Andrade atrasaram pagamento de premiações ao elenco

    Corinthians priorizou grana da Copa do Brasil para pagar premiações atrasadas aos jogadores

    ver detalhes
  • Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

    Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Duílio Monteiro Alves já trabalham por reforços para 2019

    Diretor financeiro garante que Corinthians tem dinheiro para se reforçar; Andrés fortalece filosofia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes