Empresário de Sheik faz declaração forte contra o Botafogo: Lá é uma zona'

Empresário de Sheik faz declaração forte contra o Botafogo: Lá é uma zona'

Por Meu Timão

Sheik vai voltar pro Corinthians

Sheik vai voltar pro Corinthians

Foto: Foto Arena

Após Emerson Sheik ser dispensado pelo Botafogo junto com três outros atletas, o empresário do atleta, Reinaldo Pita, não aceitou numa boa a decisão do presidente do clube sem revelar o motivo do desligamento dos atletas.

"Soube disso meia-noite, não tenho nada a falar nesse momento. Não teve motivo, quem fez isso foi o presidente do Botafogo. Os dois diretores que me ligaram ontem, que comandam o futebol, são contrários à atitude que o presidente está tomando. Lá é uma zona mesmo", disse Reinaldo Pita.

"Não estou dizendo que os jogadores são santos, mas não sei qual é o motivo. Então não posso falar nada. Os diretores foram corretos comigo. O presidente é que é um doente, recebe comissionamento de imagem. Então pode se esperar de tudo. Se você souber (o motivo), me avisa", completou o empresário.

Em décimo sétimo lugar e na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Botafogo tem tido problemas com seus jogadores por não pagar os salários do atletas. Nesse ano uma situação bizarra aconteceu no clube quando a diretoria resolveu pagar 1 mês de salário atrasado a um grupo de atletas e deixou 5 jogadores sem receber, esses que já estavam a 3 meses com salários atrasados.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes