CBF mantém data Fifa no Brasileiro, mas salva final da Copa do Brasil 2015

CBF mantém data Fifa no Brasileiro, mas salva final da Copa do Brasil 2015

1.1 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Guerrero é convocado o tempo todo

Guerrero é convocado o tempo todo

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou, nesta quarta-feira, mudanças pontuais no calendário de 2015 do futebol nacional. Apesar da pressão de clubes, jogadores, torcedores e imprensa, a entidade manteve as datas Fifa coincidindo com competições nacionais ao longo de toda a temporada. A concessão do órgão foi "salvar" a final da Copa do Brasil e uma rodada da reta final do Campeonato Brasileiro.

A manobra é complexa. Para atender ao calendário da Conmebol, que já prevê o início das Eliminatórias para a Copa de 2018, a CBF usou duas datas vagas que tinha no início do segundo semestre do próximo ano. Com isso, ela permitiu que a final da Copa do Brasil e a 35ª rodada do Brasileiro, em novembro, não acontecessem em meio às disputas das seleções.

Será a única vez no ano, no entanto, em que os clubes serão poupados em datas Fifa. No primeiro semestre, os amistosos internacionais tomarão jogadores em três oportunidades. Durante a Copa América, em junho, cinco rodadas do Brasileiro acontecerão normalmente.

No segundo semestre, por fim, quatro datas Fifa ainda atrapalharão o calendário nacional. Somente nas duas últimas da temporada, jogos das Eliminatórias, os clubes serão poupados, e ainda assim com ressalvas.

A terceira rodada da disputa por uma vaga em 2018 está marcada para o dia 13 de novembro, uma sexta-feira. Como é de praxe, os jogadores convocados se apresentam para as suas seleções cinco dias antes, portanto no fim de semana anterior. Na quarta, 11 de novembro, seriam disputados os jogos de ida da final da Copa do Brasil e da semi da Sul-Americana.

Pelo calendário revisto, não haverá jogos no dia 11, assim como no fim de semana seguinte, nos dias 14 e 15 de novembro. O Brasileiro só voltará a rolar no dia 18, um dia depois da quarta rodada das Eliminatórias. Essa rodada do Nacional, em tese, seria prejudicada pelas seleções.

No cenário atual, porém, o prejuízo é menor. Hoje em dia, é comum que os jogadores coloquem em campo os atletas logo após a viagem com a seleção, sempre avaliando o nível de cansaço dos mesmos. Por isso, a rodada seria atrapalhada somente "parcialmente".

A mudança, vale lembrar, vale somente para 2015. Nesta temporada, o calendário seguirá ininterruptamente, prejudicando os clubes nas rodadas 34 e 35 do Brasileiro e no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, para amistosos em novembro.

O anúncio da CBF foi feito no mesmo dia em que Paulo André, líder do Bom Senso, condenou a manutenção do calendário coincidente com as datas Fifa, que ele chamou de "desgraça", em texto publicado no blog do Juca Kfouri, do UOL Esporte. Na carta aberta, o ex-zagueiro corintiano, crítico da administração de José Maria Marin e Marco Polo del Nero, destaca a postura adotada pelos cartolas ao tratar do assunto.

"Na contramão do bom senso, surgem as desastrosas declarações da CBF. 'Todo mundo questionava que antes não tínhamos jogadores que atuam no Brasileiro na Seleção, agora questionam se isso é bom'. Claro que é bom. Mas fazê-los desfalcar suas equipes neste momento chega a ser estúpido", escreveu Paulo André.

Fonte: esporte

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Técnico do Timão chega a São Paulo como líder isolado do Grupo 7 da Libertadores

    Torcedor pede Roger no Corinthians e Carille brinca: 'Já? Ele está gordo'

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes