Irritado, Cássio reclamou da zaga do Corinthians depois de perder para o lanterna

Irritado, Cássio reclamou da zaga do Corinthians depois de perder para o lanterna

Por Meu Timão

Cássio subiu ao ataque nos minutos finais do jogo

Cássio subiu ao ataque nos minutos finais do jogo

Cássio - assim como os torcedores - ficou muito irritado com o resultado da partida de hoje. Na derrota por 1x0 contra o Botafogo, o goleiro chegou a deixar o gol nos minutos finais do jogo para se tornar mais um homem de área do Corinthians, na tentantiva de igualar o placar.

Para o goleiro, o erro do jogo foi o sistema defensivo do Corinthians. Cássio foi duro e não poupou críticas aos companheiros. O jogador foi incisivo ao reclamar das subidas dos zagueiros, em especial Anderson Martins, que deixou a posição para subir ao ataque.

Nas palavras de Cássio, "zagueiro não pode sair para atacar" uma vez que já existem jogadores ofensivos com a função. A falta cria bolsões na defesa que permitem a chegada do adversário na área corintiana.

Apesar disso, o único gol da partida foi em lance sem culpa para os companheiros Felipe e Anderson Martins, já que o pênalti que permitiu ao Botafogo abrir o placar veio em lance polêmico de "bola na mão" com o lateral Fábio Santos.

Durante a partida, Cássio distribuiu broncas também para o zagueiro Felipe, que deixou Yuri Mamute chegar cara a cara após errar o tempo da bola. O goleiro aproveitou para cornetar a arbitragem sobre o polêmico pênalti que determinou o revés corintiano.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes