No ano centenário, Corinthians prevê R$ 50 mi em patrocínio

No ano centenário, Corinthians prevê R$ 50 mi em patrocínio

Por Meu Timão

Corinthians espera manter patrocinadores e maiores estrelas do elenco

Corinthians espera manter patrocinadores e maiores estrelas do elenco

A busca pelos patrocinadores do Corinthians em 2010, ano do centenário, já começou no Parque São Jorge. Os responsáveis pelo departamento de marketing do clube definiram o valor a ser alcançado e já fizeram proposta à empresa Brasil Foods pela manutenção da marca Batavo no espaço nobre.

Na cabeça do presidente Andrés Sanchez e do diretor de marketing Luís Paulo Rosenberg, a cifra compatível com a temporada que vai comemorar os cem anos do clube, incluindo a volta à Copa Libertadores, é de R$ 50 milhões.

"Já temos um conceito fixado. Mas, se eu falar, o valor passará a ser o máximo. Eu não quero isso (risos)", disse Rosenberg, durante lançamento de mais uma franquia das lojas oficiais do Corinthians.

O valor é cerca de 50% superior ao montante conseguido pelo clube neste ano. Os parceiros atuais são a Brasil Foods, os Grupos Silvio Santos (Banco PanAmericano e Baú) e Hypermarcas (Bozzano), além dos patrocínios de oportunidades no início de 2009, como Locaweb, Ford, Vivo, Visa, Panasonic e Lupo - ao todo R$ 33 milhões.

O sonho dos R$ 50 milhões pode ser alcançado de duas maneiras: com a soma de diversas marcas estampadas na camisa, como ocorre atualmente, ou com patrocínio único - hipótese na qual Rosenberg não acredita.

Independentemente do surgimento de novos interessados, a prioridade do clube é manter os parceiros. Tanto que, recentemente, integrantes do marketing do Corinthians almoçaram com os executivos da Brasil Foods. A proposta corintiana pela permanência da Batavo no espaço nobre gira em torno dos R$ 27 milhões, cerca de R$ 9 milhões a mais do que o acordo deste ano.

"O que posso dizer é que todos nossos patrocinadores são empresas maravilhosas. O Corinthians está felicíssimo com todos eles. Se todo mundo concordar em renovar, não teremos o que discutir, estará tudo acertado", afirmou Rosenberg.

No entanto, o valor proposto pelo Corinthians parece ter assustado os executivos da Brasil Foods, já que a empresa fala em R$ 20 milhões.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Líder desde a quinta rodada, Timão tem oito pontos a mais que o vice Grêmio

    Rival direto tropeça e 'gordura' do líder Corinthians volta a crescer

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel está autorizada a frequentar estádios

    Reunião determina retorno das organizadas do Corinthians aos estádios

    ver detalhes
  • Danilo deve retornar aos gramados após longa recuperação

    Corinthians faz nova substituição em lista de inscritos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel (colete) é opção para jogo de quarta-feira; Pedrinho deve iniciar no banco

    De 'chave virada', Corinthians inicia preparação para duelo decisivo com Patriotas

    ver detalhes

Além do elenco atual, o Corinthians conseguirá trazer mais estrelas?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes