Advogado do Timão demonstra confiança no caso Petros: 'Está no BID, está no mundo'

Advogado do Timão demonstra confiança no caso Petros: 'Está no BID, está no mundo'

Por Larissa Emanuelle

Advogado do Timão acredita que não há irregularidade no caso Petros

Advogado do Timão acredita que não há irregularidade no caso Petros

O advogado do Corinthians, João Zanforlin, demonstrou confiança diante do Caso Petros e acredita que não houve nenhuma irregularidade em seu contrato. Segundo ele, o nome no BID foi colocado de forma correta.

"O nome foi publicado no BID, então o Corinthians não tem nada ver com isso. O Corinthians agiu conforme manda as regras. Desde que advogo no Tribunal de Justiça Desportiva, existe um ditado: 'O que está no BID, está no mundo. O que não está no BID, não está no mundo'. A partir do momento que o nome estava lá, o Corinthians não fez nada de errado".

No entanto, o representante do clube alvinegro preferiu não afirmar se houve erro por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ou da Federação Paulista de Futebol (FPF).

"Aí já é uma questão do Tribunal avaliar".

Caso o Superior Tribunal de Justiça Desportiva analise e conclua que existiu alguma irregularidade por parte do Corinthians, o time paulista pode perder pontos no Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Representante do Timão por Drogba volta ao Brasil e se encontra com Roberto de Andrade

    Representante do Timão por Drogba volta ao Brasil e se encontra com Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Pedrinho e Carlinhos marcaram na partida contra o Internacional

    Corinthians supera Internacional e conquista vaga para as quartas de final da Copinha

    ver detalhes
  • Flávio Adauto é diretor de futebol do Corinthians desde outubro de 2016

    Atrapalhado, diretor do Corinthians confunde Fellipe Bastos com reforço do rival

    ver detalhes
  • Corinthians provoca Internacional após classificação na Copinha

    Corinthians provoca Internacional após classificação na Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes