Confira o que o Corinthians precisa pra chegar no Libertadores 2015

Confira o que o Corinthians precisa pra chegar no Libertadores 2015

Por Meu Timão

Corinthians quer a vaga na Libertadores de qualquer jeito

Corinthians quer a vaga na Libertadores de qualquer jeito

Foto: Divulgação

[[BANNER]]

Apesar de estar somente a 3 pontos atrás do vice-líder da competição, o Corinthians corre risco de ficar de fora da Libertadores da América de 2015.

E pra garantir uma vaga na competição mais importante da América Latina, o time precisa conquistar no mínimo 15 pontos nas próximas 9 partidas, finalizando a competição com 64 pontos.

A tarefa não é nada fácil, mas também não é impossível, dos 9 jogos restantes, 4 serão contra os 5 últimos colocados do Brasileirão. O problema é que o Corinthians tem conseguido mais pontos jogando contra o G4 do que jogando contra o Z4. Nesses jogos restantes, 4 jogos o timão jogará em casa, 4 serão fora e um em campo neutro (por conta da briga das organizadas).

A situação pode ficar mais fácil se Cruzeiro ou Atlético-MG vencerem a Copa do Brasil. No caso do campeão figurar entre o G4 do Brasileiro, abre uma quinta vaga no Brasileirão que garante a inscrição pra Libertadores da América.

Confira os próximos jogos do Corinthians

Próximos jogos do Corinthians

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes