Com 4 desfalques, o Corinthians vai ter que se virar para enfrentar o Vitória

Com 4 desfalques, o Corinthians vai ter que se virar para enfrentar o Vitória

Por Meu Timão

Gil marcou um dos gols da vitória contra o Internacional

Gil marcou um dos gols da vitória contra o Internacional

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois da vitória contra o Internacional, o Corinthians volta a campo nessa quarta-feira, 21, para enfrentar o Vitória em Cuiabá. Apesar do mando de campo ser do Corinthians, a partida será realizada longe de São Paulo por conta da briga das organizadas do Timão durante o clássico contra o São Paulo.

E pra essa partida que será válida pela 30ª rodada do campeonato brasileiro, o Corinthians terá nada menos do que 4 desfalques: Cássio, Fagner e Paolo Guerrero estão suspensos por levarem o terceiro cartão amarelo na última partida, enquanto Ralf se ausenta pela oitava vez consecutiva com dores no joelho direito.

Seguindo a linha dos treinamentos realizados nessa semana, Mano deve começar jogando com: Walter; Ferrugem, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Jadson; Renato Augusto e Romero.

Com 49 pontos e na quinta posição do campeonato brasileiro, a vitória é essencial para o Corinthians voltar ao G4 do Campeonato Brasileiro. Com 20 pontos a menos, o Vitória vive uma situação complicada no campeonato, brigando pra sair da zona de rebaixamento, também conhecida como casa do Palmeiras.

Vamos, Corinthians!

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes