Presidente do Cerro declara: 'Acordo com o Corinthians por Óscar Romero é passado'

Presidente do Cerro declara: 'Acordo com o Corinthians por Óscar Romero é passado'

Por Meu Timão

Jogador pode não pintar mais no Corinthians

Jogador pode não pintar mais no Corinthians

Foto: Divulgação

No último mês de julho, o Corinthians acertou o Cerro Porteño (PAR) a compra de Óscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, atual atacante do alvinegro. Contudo, o acerto para a compra do meia foi verbal e não houve sequer pagamento de parte do valor de US$ 3 milhões (cerca de R$ 7,5 milhões) acordado na época. Situações que devem fazer o Timão deixar de contratá-lo para 2015.

Essa é a versão do presidente do clube paraguaio que deixou claro na tarde desta quarta-feira em entrevista à rádio 780am de Assunção.

O cartola, Juan Jose Zapag avisou que o acordo verbal com o Corinthians não será levado na decisão do futuro do jogador.

As declarações acontecem no momento em que o meia-atacante passou a ser visado pelo futebol europeu, consequência dos gols pelo gigante paraguaio no campeonato local e na Copa Sul-Americana.

- O (acordo) de Óscar Romero com o Corinthians ficou no passado, ele é jogador do Cerro e irá para a Europa, mais precisamente para a Espanha - avisou Zapag, deixando claro que não será fácil para os dirigentes do clube brasileiro reverterem a situação.

O jogador acabou não chegando ao alvinegro em decorrência do grande número de meias do plantel alvinegro. Ao menos seis jogadores disputariam vaga com o camisa 26 do Cerro Porteño. Agora, porém, pode não vir mais...

- Temos ofertas da Europa por Óscar, mas agora não quero falar disso porque estamos em fases importantes - afirmou o mandatário do clube, lembrando dos jogos decisivos do Cerro pelo Campeonato Paraguaio e pela Copa Sul-Americana.

- No fim do ano vamos falar sobre a transferência do jogador, agora queremos ele motivado e concentrado no Cerro - finalizou Zapag.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes