Punição de Guerrero revolta Corinthians: 'Eles vão acabar com o futebol'

Punição de Guerrero revolta Corinthians: 'Eles vão acabar com o futebol'

Por Meu Timão

Guerrero fica fora dos clássicos contra Palmeiras e Santos

Guerrero fica fora dos clássicos contra Palmeiras e Santos

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Revolta: esse é o sentimento que define o que sente a diretoria, a torcida e o craque corinthiano, Paolo Guerrero. Depois de ser absolvido por uma trombada claramente acidental com o árbitrto em jogo válido pela Copa do Brasil, o jogador foi punido com um gancho de 3 jogos.

O lance, que nem havia sido relatado pelo árbitro na súmula, havia sido julgado. Não satisfeito com a absolvição, o STJD entrou com recurso e conseguiu tirar Guerrero no momento mais importante para o Corinthians no Campeonato Brasileiro.

Com a decisão, não caberá mais recurso, e o peruano perderá dois clássicos: contra o Palmeiras e Santos, além de um jogo contra o Coritiba. Para variar, o STJD trabalha com dois pesos e duas medidas quando se trata do Corinthians.

Campeão de denúncias, como já mostramos em matéria aqui no Meu Timão, o Corinthians sofre verdadeira perseguição do STJD. O diretor jurídico do clube, Luiz Alberto Bussab, não se conformou com a falta de coerência dos auditores - e lembrou da situação do Valdívia. Enquanto o palmeirense chegou a ser expulso por um pisão proposital no adversário, e fez acordo de um jogo - já Guerrero pegou 3 jogos por um lance acidental que não foi nem mesmo punido pelo árbitro.

Em desabafo, Bussab foi categórico: "Eles vão acabar com o futebol". O dirigente ainda lembrou que a falta de critério é tão assombrosa que após a denúncia, o jogador tinha sido absolvido de maneira unânime. Guerrero é o principal jogador do Corinthians, e artilheiro do time, o que na opinião de Bussab agrava a injustiça: "Você estraga um planejamento de meses e muda o campeonato", desabafou.

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes