Mano ironiza na entrevista coletiva: 'Estamos em crise né?'

Mano ironiza na entrevista coletiva: 'Estamos em crise né?'

Por Meu Timão

Mano ironizou a 'crise' do alvinegro

Mano ironizou a 'crise' do alvinegro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A crise que foi instaurada no Corinthians, após a eliminação para o Atlético-MG, na Copa do Brasil, com direito a protesto da Gaviões, foi ironizada por Mano Menezes. O treinador do Coringão comentou sobre a terceira colocação alcançada após a vitória por 2 a 1 sobre o vitória:

- Essa vitória nos coloca com uma das melhores campanhas do segundo turno. Pulamos de sexto para terceiro. É porque estamos em crise, né?! Imagina se estivéssemos bem... - disse Mano, em entrevista coletiva após o duelo.

Jogadores, comissão técnica e diretoria ficaram pressionados após a goleada por 4 a 1 sofrida para o Galo, no Mineirão, na quarta-feira passada.

O ambiente mudou depois das vitórias sobre Internacional, domingo, no Beira-Rio, e agora o triunfo sobre os baianos.

- Foi importante demais a vitória. As vitórias que conseguimos foram para mostrar nossa capacidade, que somos melhores do que aquilo (diante do Atlético-MG). Mostrar principalmente para nós mesmos e para o torcedor. Que ele volte a confiar na equipe. Os adversários deram chance e aproveitamos. Quando você não aproveita, desestimula muito - afirmou o técnico.

Veja Mais:

  • Pablo assinará por quatro anos com Corinthians

    Corinthians usa Malcom, abate mais da metade do valor e compra Pablo em definitivo

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians esgota ingressos contra o Flamengo

    Torcida do Corinthians esgota ingressos disponíveis contra o Flamengo; previsão de recorde na Arena

    ver detalhes
  • Carille optou por Kazim no lugar de Jô nesta quarta-feira

    Carille esboça escalação do Corinthians com quatro mudanças para pegar Patriotas

    ver detalhes
  • Carille terá 19 jogadores para o duelo desta quarta-feira

    Sem dois titulares, Carille relaciona 19 jogadores do Corinthians contra Patriotas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes