Advogado do Colorado acredita em punição ao Timão

Advogado do Colorado acredita em punição ao Timão

Por Meu Timão

3.0 mil visualizações 98 comentários Comunicar erro

Petros será o pivô de uma batalha jurídica

Petros será o pivô de uma batalha jurídica

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O advogado Rogério Pastl, que representará o Internacional hoje, no julgamento do STJD, acreditar que o tribunal irá punir o Corinthians na situação envolvendo a renovação de contrato do meia Petros.

De acordo com o advogado gaúcho, o STJD tem jurisprudência maciça em casos deste tipo e ele não favorece os clubes.

- Para o STJD, observar a que condição de jogo é decorrente da lei. E nela, quem tem de verificar é o clube. Então equívocos e erros de tribunais, federações, o fato da federação paulista reconhecer o equívoco de um funcionário, de nada vale, não ajuda. O que vale é que o contrato não pode surtir efeito antes de ser assinado. Foi publicado no BID no dia 1 de agosto, mas ele só assinou no dia 2 e só vale a partir dali - disse em entrevista ao programa Redação SPORTV.

Ele também comentou do ineditismo que é a união de Grêmio e Inter neste caso:

- Uma ação que a gente está buscando pois somos interessados. Talvez seja sim uma ação pioneira, juntando os dois clubes. No caso do Inter, queremos estar presente no processo como terceiro interessado e recorrer ao STJD se for o caso.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes