Advogado do Colorado acredita em punição ao Timão

Advogado do Colorado acredita em punição ao Timão

Por Meu Timão

Petros será o pivô de uma batalha jurídica

Petros será o pivô de uma batalha jurídica

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O advogado Rogério Pastl, que representará o Internacional hoje, no julgamento do STJD, acreditar que o tribunal irá punir o Corinthians na situação envolvendo a renovação de contrato do meia Petros.

De acordo com o advogado gaúcho, o STJD tem jurisprudência maciça em casos deste tipo e ele não favorece os clubes.

- Para o STJD, observar a que condição de jogo é decorrente da lei. E nela, quem tem de verificar é o clube. Então equívocos e erros de tribunais, federações, o fato da federação paulista reconhecer o equívoco de um funcionário, de nada vale, não ajuda. O que vale é que o contrato não pode surtir efeito antes de ser assinado. Foi publicado no BID no dia 1 de agosto, mas ele só assinou no dia 2 e só vale a partir dali - disse em entrevista ao programa Redação SPORTV.

Ele também comentou do ineditismo que é a união de Grêmio e Inter neste caso:

- Uma ação que a gente está buscando pois somos interessados. Talvez seja sim uma ação pioneira, juntando os dois clubes. No caso do Inter, queremos estar presente no processo como terceiro interessado e recorrer ao STJD se for o caso.

Veja Mais:

  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Jô recordou caso em que foi vítima de ofensa racista com Love na Rússia

    Jô lamenta injúria racial no Nilton Santos e lembra episódio na Rússia

    ver detalhes
  • Reforço do Barcelona, Paulinho foi apresentado à torcida e à imprensa nesta quinta-feira

    Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão

    ver detalhes
  • Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

    Corinthians acerta contratação definitiva de Paulo Roberto, garante diretor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes