Ex-blogueiro do Globo Esporte lamenta a participação de Inter e Grêmio no caso Petros

Ex-blogueiro do Globo Esporte lamenta a participação de Inter e Grêmio no caso Petros

Por Meu Timão

Corinthians foi absolvido no caso Petros

Corinthians foi absolvido no caso Petros

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O jornalista e ex-blogueiro do Globo Esporte, Ricardo Taves, fez uma nota lamentando o envolvimento dos clubes gaúchos torcendo pro Corinthians ser prejudicado por um erro que não cometeu, no caso Petros.

A publicação foi feita na fanpage do Blog do Corinthians.

Confira na íntegra.

Mesmo aposentado da carreira de blogueiro e/ou colunista, acordei com um texto em produção na cabeça. Me incomodou demais toda a situação que envolveu o julgamento do "Caso Petros", a participação dos times gaúchos como parte interessada, e a imposição de falsas verdades que, por definição deveriam ser cômicas, mas que de forma irresponsável tornarem-se marcas aliadas ao Corinthians nos últimos anos - principalmente para rivais inferiores dentro de campo e fora dele.

Petros tinha contrato válido e estava no BID. Não deveria sequer existir discussão, mas o Lance! em sua edição carioca levantou a bola para que a procuradoria do STJD aparecesse mais uma vez às custas do time que dá mais audiência. Sim, é o Corinthians que chama mais atenção no futebol brasileiro, até mais que o Flamengo que por ser carioca, tem aquele estilo "maneiro" e uma rejeição menor que a nossa. Era um prato cheio para todos. Começou, pois, a caça ao Corinthians que tinha escalado o jogador irregularmente.

Primeiro ponto: SUPOSTAMENTE escalado. Não se condena ou absolve ninguém antes do julgamento. A denúncia não necessariamente reflete a verdade, e em determinados momentos é até exagerada - como nesse caso. O código é transparente e deixa o clube longe de qualquer tipo de culpa, mostrando que se houve algum equívoco partiu das FPF e da CBF, ambas multadas.

Segundo ponto: dizer que o Corinthians sempre é beneficiado é uma perigosa falsa verdade adotada há tempos. Ninguém foi mais denunciado que o clube no STJD essa temporada (13 ou 14, creio). Aliás, na reta final da competição, precisando de vitórias para garantir uma vaga na Libertadores da América, perdemos por um julgamento no pleno, Paolo Guerrero por três jogos - sendo que anteriormente o atleta tinha sido absolvido. Oras, nos tiram o principal artilheiro da equipe na competição, que vive grande fase, e somos os "queridinhos da Rede Globo"?

Terceiro ponto: a lenda do DVD é, em particular, a minha preferida. O Internacional que não esquecerá jamais o acontecido em 2005. Sim, foi um campeonato polêmico. Voltaram onze jogos, o Corinthians conquistou pontos que perdera anteriormente, houve um lance polêmico no Pacaembu, mas não foi isso que tirou dos gaúchos a possibilidade de conquista. Foi, sim, sua incompetência dentro de campo - como por exemplo a derrota para o Coritiba na última rodada - que tiraram suas chances de comemoração.

Aliás, ontem li muitos tweets de colorados nos chamando de "segundinos" - em alusão ao nosso rebaixamento em 2007, aquele que aconteceu com o Goiás precisando bater o pênalti três vezes e com o Fernandão (e Deus o tenha em paz) dando risada. Sim, caímos. Na bola. E de lá pra cá, além de conquistar a Série B de forma avassaladora, ganhamos Paulistas, Copa do Brasil (dando um baile no Inter), Brasileirão, Libertadores, Mundial de Clubes e Recopa. Títulos importantes, alguns inclusive conquistados pelos próprios gaúchos no passado recente.

Mas não lembro de ninguém repercutindo a atuação de Carlos Amarilla nas oitavas de final de 2013 quando o Corinthians foi eliminado no apito. Não convém.

Entretanto, o mais engraçado na minha opinião, é que os times gaúchos - especialmente o Inter - tentam justificar no nosso sucesso o fracasso deles. A última vez que o Internacional conquistou um Brasileirão (1979) eu sequer tinha nascido. A última vez que conquistou um título nacional (1992) eu estava no comecinho da puberdade, comemorando o nascimento dos meus primeiros pentelhos. Isso também é culpa do Corinthians?

E tomar duas cacetadas como aconteceu esse ano na Arena Corinthians e no Beira-Rio?

De tudo que falo nesse pequeno texto isso é a única coisa que é culpa do Corinthians, os seis pontos conquistados. A freguesia precisa ser mantida, ainda que de vez em quando os adversários consigam um resultado positivo.

Não tomem piadas de humor duvidoso como o "apito amigo" como verdade, pois é irresponsável. O Corinthians trilha seu caminho de forma particular, arrecada muito, cresce continuamente e se conquista títulos ou fracassa é por mérito ou demérito próprio. Tal qual nesse campeonato que perde para times pequenos em determinadas ocasiões, mas vai ao Beira-Rio vencer o time da casa com D'Alessandro tentando apitar o jogo.

Mas não nos importamos. A gente joga e ganha ou perde no campo.

E do Inter levamos dez pontos. Pelo menos por enquanto.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes