Com eleições, chances do Mano ficar no Corinthians diminui a cada dia

Com eleições, chances do Mano ficar no Corinthians diminui a cada dia

Por Meu Timão

950 visualizações 28 comentários Comunicar erro

Mano Menezes está ameaçado

Mano Menezes está ameaçado

Foto: Hélio Suenaga/Gazeta Press

As eleições no Corinthians vão se aproximando. Nós do Meu Timão já até estamos tentando entrevistar os candidatos à presidência do clube. E a primeira coisa que deve mudar é o treinador do Corinthians.

Segundo uma publicação no site Globo Esporte do jornalista Martín Fernandez, uma das chapas que se candidatou a presidência do Corinthians, formada por Paulo Garcia e Osmar Stabile, já teria avisado que Mano Menezes não ficará em 2015. A matéria conta que a dupla diz preferir "um técnico com estilo de jogo mais ofensivo".

Já os demais candidatos, ainda segundo a publicação, Ilmar Schiavenatto teria dados sinais que prefere trocar de técnico enquanto Roberto de Andrade quer primeiro conversar com a atual comissão técnica antes de tomar alguma decisão.

De toda forma, vale lembrar que o contrato de Mano Menezes com o clube vence em dezembro de 2014, e o Corinthians só irá conhecer seu novo presidente em 2015. Até lá, o contrato de Mano não deverá ser renovado e Sylvinho deverá assumir o time como treinador interino.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez exaltou força da estrutura montada no Corinthians há dez anos

    Andrés Sanchez manda recado à Fiel após saída de Carille: 'Vamos comprovar nossa estrutura'

    ver detalhes
  • Osmar Loss (à esq.) sucede Carille no comando técnico do Corinthians

    Osmar Loss assume Corinthians após saída de Carille; estreia acontece nesta quinta

    ver detalhes
  • Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro; treinador seguirá carreira na Ásia

    Fábio Carille deixa Corinthians e acerta com Al-Wehda, da Arábia Saudita

    ver detalhes
  • Carille, agora ex-Corinthians, acertou com Al-Wehda, do mundo árabe

    Corinthians divulga vídeo de agradecimento a Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes