Por desrespeito, corinthianos comemoram crise financeira da Folha de São Paulo

30 mil visualizações 148 comentários

Por Meu Timão

Cartazes anti UOL E Folha na Arena Corinthians

Cartazes anti UOL E Folha na Arena Corinthians

A irredutível posição da Folha de São Paulo em apelidar o estádio do Corinthians acabou por gerar resultados negativos na imagem da empresa. Mesmo após pedido oficial do clube, o veículo insistiu em manter alcunhas para a Arena.

Nessa semana, após um corte de 15 demissões de jornalistas por problemas financeiros e com a possibilidade de mais demissões em breve, a notícia da crise foi comemorada por corinthianos, inclusive no Fórum do Meu Timão.

A crise entre corinthianos e o grupo Folha se agravou depois que o ex-presidente Andrés Sanchez pediu publicamente e posteriormente enviou cartas para a imprensa chamar o estádio corinthiano de Arena Corinthians. O motivo é que um apelido no estádio atrapalha a negociação do Naming Rights (direitos do nome), receita considerada fundamental pelo clube para o pagamento das obras do estádio.

Muitos veículos aderiram ao pedido, mas especialmente a Folha de São Paulo e o site UOL ignoraram o clube e continuaram apelidando o estádio.

A negação das empresas fez também com que muitos torcedores repudiassem os veículos. Há muitos relatos como esse de corinthianos que passaram a boicotar o serviço e a assinatura dessas empresas.

Outros trocadilhos, como "LixoUOL" e "Folha, não dá pra levar a sério" também fazem parte do "pacote de desprezo" da torcida corinthiana às empresas.

Veja Mais:

  • Donelli deve ter nova chance na meta alvinegra com ausência de Cássio

    Corinthians não relaciona titulares para duelo contra o Novorizontino; veja lista completa

    ver detalhes
  • Reservas foram a campo para último treino antes de duelo pelo Paulistão

    Corinthians faz último treino antes de encarar o Novorizontino no domingo; veja possível time

    ver detalhes
  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x