Ex-atacante Gil já desistiu de voltar aos gramados

Ex-atacante Gil já desistiu de voltar aos gramados

Por Meu Timão

Gil se aposentou de novo

Gil se aposentou de novo

Foto: Reprodução

A ideia do atacante Gil volta aos gramados depois de 4 anos de aposentadoria não deu certo. O ex-corinthiano que estava treinando no ABC foi dispensado pelo clube após 40 dias de treinamento.

A ideia partiu do próprio atacante, que chegou ao clube pedindo espaço para recuperar a forma física mas os planos acabaram não dando certo.

- O jogador fez a solicitação para treinar no clube há quase dois meses e nós fechamos um contrato com valores simbólicos até o fim de novembro. A ideia era recuperar o jogador para usá-lo na Série B, ou até mesmo no estadual do ano que vem, mas houve uma estagnação nessa recuperação dele. Ele não rendeu o esperado e o clube achou melhor rescindir o vínculo, já que estamos pensando no planejamento de quem fica e quem sai para o próximo ano - explicou Stênio Dantas, superintendente de marketing do ABC.

Hoje com 34 anos, Gil jogou no Corinthians entre 2000 e 2005, conquistou uma Copa Rio-São Paulo e da Copa do Brasil em 2002 e dois Paulistões. Depois que saiu do Timão, Gil teve passagens pelo Cruzeiro, Internacional, Botafogo e Flamengo, até se aposentar em 2010.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians marcou presença na Fonte Nova; 'presente' veio nesta segunda

    Rival tropeça no Pacaembu, e Corinthians encerra rodada com boa vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians/UNIP faz final da Liga Paulista nesta semana

    Decisões na base, futsal, vôlei e futebol feminino: a semana do Corinthians em outras modalidades

    ver detalhes
  • Quarta-feira deve ser noite de Arena Corinthians lotada

    Corinthians confirma 25 mil ingressos vendidos para duelo contra o Grêmio em Itaquera

    ver detalhes
  • Gabriel deve ser reforço do Corinthians para jogo desta quarta-feira

    Pendurados ilesos e volante de volta: Corinthians 'junta cacos' para encarar Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes