Porque a rivalidade com o Corinthians uniu Grêmio e Internacional

Porque a rivalidade com o Corinthians uniu Grêmio e Internacional

Por Meu Timão

Grêmio e Internacional: unidos contra o Corinthians

Grêmio e Internacional: unidos contra o Corinthians

A perseguição dos times gaúchos ao Corinthians após o caso Petros levantou uma tradição quase histórica: a rivalidade que Internacional e Grêmio tem contra o Timão.

Embora sejam apenas adversários como outros quaisquer para o Corinthians, a coisa muda de figura em solo gaúcho: gremistas e tricolores tem verdadeiro ódio pelo clube do Parque São Jorge. Muitos dos casos foram provocados pelas próprias diretorias, que fazem questão de por o Corinthians constantemente em pauta.

Os "antis" gaúchos tem um histórico extenso de iniciativas contra o Corinthians - que é a terceira torcida do Rio Grande do Sul. Confira a lista:

1. Caso Petros

Por um erro da CBF e da Federação Paulista o jogador tinha uma pequena irregularidade em sua inscrição no BID: um simples equívoco com a data de registro que liberava o jogador um dia antes da data de seu contrato.

A história descoberta posteriormente parecia simples, e o Corinthians não seria penalizado uma vez que o erro não foi causado pelo clube. Apesar disso o time foi julgado e inocentado. E o que o Internacional e Grêmio tinham a ver com isso? Nada. Mas os times gaúchos resolveram se envolver assim mesmo e entraram com recurso para um novo julgamento.

2. Põe no DVD

Talvez o episódio mais patético da lista, o "caso DVD" aconteceu em 2009. Na ocasião, o Internacional chegou à final da Copa do Brasil para enfrentar o Corinthians.

Antes da partida, porém, a diretoria do clube gaúcho organizou um DVD com lances para mostrar que o Corinthians era favorecido pela arbitragem. O principal ponto era provar que o Corinthians "não merecia" estar na final - talvez com medo de enfrentar o Timão. Óbvio que o DVD não teve nenhum valor, foi divulgado como piada na internet e o Corinthians ganhou com méritos a competição

3. Invasão de 1976

O episódio acima não foi a primeira vez que o Internacional não gostou de ter o Corinthians como rival em uma decisão. Em 1976 eles fizeram ainda pior. Após o Corinthians invadir o Maracanã para a semi-final contra o Fluminense, era a vez de chegar a Porto Alegre.

O Internacional sabia que o time iria tremer diante da força da torcida corinthiana e decidiu jogar sujo: além de não liberar os ingressos para os corinthianos na partida, a Polícia Militar fechou as estradas para a capital gaúcha. Nenhum ônibus corinthiano foi liberado até metade do segundo tempo.

4. Clube dos 13

Mas não é só o Internacional que tem ódio do Corinthians: o Grêmio - que tem sido o maior entusiasta da punição no caso Petros, também tem seus motivos para implicar com o Timão. O principal deles tem a ver com a diretoria.

O presidente do Grêmio, Fábio Koff, era o presidente do Clube dos 13 à época que Andrés Sanchez desafiou a instituição. Com a saída do Corinthians, a entidade foi desmantelada e o mandatário gremista perdeu um salário de R$72mil.

5. Brasileirão 2005

Embora o Grêmio estivesse na série B em 2005, o Internacional atuou pela competição e ficou em segundo. Não engoliu o vice-campeonato e espalhou reclamações - 2005 foi o ano que o escandâlo da arbitragem havia sido descoberto, e as partidas de todos os times onde foi comprovada adulteração foram anuladas.

O Corinthians jogou novamente as duas partidas anuladas, pelas regras definidas pela própria CBF - acatadas por todos os times antes de sua realização. Sem a interferência da arbitragem, o Corinthians terminou à frente, levou o título e concedeu o apelido que a torcida do Inter carrega até hoje: "chorolados" (em alusão mistura de "chororô" e "colorados").

6. Entrega em 2007

Em 2007 o Corinthians passava por um dos seus piores momentos: situação contubarda na direção, saída da MSI, dívidas e um time sem brios. Não sem razão, acabou rebaixado na última rodada do campeonato - até hoje, o time rebaixado com o maior número de pontos conquistados.

A partida da última rodada foi contra o Grêmio, no Olímpico. O time gaúcho não brigava por nada na competição e a partida terminou empatada em 1x1. Na mesma situação estava o Internacional - em 11˚ lugar, sofreu uma derrota "polêmica" para o Goiás.

A diferença técnica entre os dois times não justificou o placar de 2x1 para o time goiano, que rebaixou o Corinthians. Uma suposta entrega foi cogitada como vingança do Internacional após perder o título de 2005.

7. Recordes de público

Para selar a lista da rivalidade entre gaúchos x corinthianos, basta analisar o público dos jogos mandandos em Porto Alegre. Contra o Corinthians, o Internacional encheu o estádio, criando o recorde do novo Beira-Rio - foram 42 mil torcedores - um público maior do que o clássico Gre-Nal.

Vale lembrar que o recorde de público do "velho" Beira-Rio também foi em jogo contra o Corinthians. Esse em 1976, com 84mil torcedores.

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Terceiras camisas de Corinthians e Boca Juniors chamam atenção pela semelhança entre si

    Corinthians 'inspira' Boca Juniors, e time argentino lança camisa quase igual

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes