À caminho do Corinthians, volante tem empecilho jurídico para transferência

À caminho do Corinthians, volante tem empecilho jurídico para transferência

Por Meu Timão

Jonas tem novo capítulo em sua novela para atuar pelo Coringão

Jonas tem novo capítulo em sua novela para atuar pelo Coringão

Foto: Divulgação

O volante Jonas já tem um acordo verbal para jogar no alvinegro em 2015. Contudo, o problema da vez, é a penhora judicial pela qual o jogador vem passando. O atleta, que atualmente é jogador do Sampaio Correa, foi indicado nesta semana pela Vara de Execução do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 16ª região.

A justiça determinou o bloqueio dos direitos econômicos do jogador em função do não cumprimento de acordo judicial realizado pelo Sampaio Correa, em abril, para o pagamento de dívidas trabalhistas passadas. A decisão é em primeira instância e o clube maranhense irá recorrer.

A decisão judicial tem um trecho bastante curioso: "as notícias deixam claro que existe grande interesse de agremiações de outros estados em contratar o jogador (Jonas), devendo-se, por cautela, resguardar os valores. Por essa razão, determino o bloqueio dos direitos econômicos".

Com a decisão publicada em Diário Oficial, a decisão ainda notifica a Federação Maranhense de Futebol e a CBF para não procederem a transferência do atleta sem uma decisão judicial final. O fato revoltou o presidente do Sampaio Correa, Sérgio Frota.

- Foi feito um acordo na justiça do trabalho para pagar R$ 60 mil por mês e repassar 5% da renda dos jogos. Eu pensei que isso englobava todo o país, mas o dinheiro que vem da CBF para nós foi bloqueado. Isso foi decidido por um juiz substituto, mas eu vou recorrer - disse ao UOL Esporte.

- Nós vamos conversar com as equipes interessadas após a Série B, dentro de 20 dias. Essa decisão não vai atrapalhar em nada o negócio. Vou tirar na Justiça. Não podem me exigir que pague em dois anos um débito construído em 30 - diz Frota, que é presidente do clube há 17 anos.

Recentemente, o Sampaio Correa concretizou a venda de 70% dos direitos econômicos à empresa PH4 Sports Group. Líder dos investidores, Marcos Santos acertou diretamente com o presidente Sérgio Frota e já tem apalavrada a transferência ao Corinthians em 2015. Contudo, Eduardo Maluf, que se diz agente do atleta, tenta modificar o processo.

Veja Mais:

  • 'Herói' do Dérbi, Jô deve voltar a ganhar chance como titular diante do Mirassol. Tá querendo!

    Embalado pós-clássico, Corinthians coloca confiança à prova contra sensação do Paulistão

    ver detalhes
  • Gabriel se diz bastante feliz no Corinthians

    Gabriel justifica provocação a ex-clube: 'Faço o que for preciso para defender o Corinthians'

    ver detalhes
  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes