'É uma das marcas mais atraentes que tem no mundo', diz Rosenberg sobre o Corinthians

'É uma das marcas mais atraentes que tem no mundo', diz Rosenberg sobre o Corinthians

Por Meu Timão

Luis Paulo Rosenberg falou sobre a marca Corinthians

Luis Paulo Rosenberg falou sobre a marca Corinthians

Nessa sexta-feira, o vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg deu entrevista na ESPN e falou sobre a marca Corinthians.

- Eu acho que é uma das marcas mais atraentes que tem no mundo. O que dá o valor a marca, acima de tudo, é o grau de fidelização do seu consumidor. É por isso que uma marca como a Apple é algo quase milagroso. O sonho de qualquer marketeiro é que na véspera do dia do lançamento do produto tenha fila na loja pra comprar - explicou Rosenberg, comparando o engajamento dos torcedores com fãs da Apple que passam dias na fila pra comprar o próximo Iphone.

Diretor de Marketing na época em que o Corinthians trouxe Ronaldo e fundou a República Popular do Corinthians (campanha que chegou a ganhar Leão em Cannes, o prêmio mais cobiçado do mundo entre os publicitários), Rosenberg avaliou como o departamento do clube trabalhou em sua gestão.

- O segredo do marketing do Corinthians foi ir buscar no DNA. O corinthiano é mais corinthiano que o palmeirense é palmeirense? É claro que não, se você ver um jogo do Palmeiras eles são aficionados pelo clube. Mas o corinthiano tem um vínculo com outro corinthiano que nenhuma outra torcida tem. E isso, bem trabalhado, transforma o Corinthians numa comunidade, num país, na República Popular do Corinthians que a gente criou. E isso alavanca a emoção de uma forma fantástica - comentou o vice-presidente.

- Essa marca tem um potencial enorme, mas precisa ser bem tratada. Ela não pode passar por um episódio como Oruro. Aquilo é um desastre, como invasão de centros - se referindo à invasão das organizadas no CT Joaquim Grava.

Por último Rosenberg lamentou os episódios recentes das polêmicas envolvendo as torcidas organizadas.

- Aquela marca que o patrocinador gastou bilhões de reais não pode estar no peito de alguém que está indo levado para a cadeia. Esse prejuízo que o patrocinador toma, é de responsabilidade do clube evitar que isso aconteça - finalizou Rosenberg.

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho admitiu possível saída do Corinthians

    Rodriguinho cogita saída do Corinthians: 'Vamos sentar e conversar'

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes