Presidente do Palmeiras defende clássicos no novo estádio com apenas uma torcida

Presidente do Palmeiras defende clássicos no novo estádio com apenas uma torcida

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Torcida do Palmeiras quebrou cadeiras na Arena e rendeu prejuízo ao seu clube

Torcida do Palmeiras quebrou cadeiras na Arena e rendeu prejuízo ao seu clube

Até o final do ano, o novo estádio do Palmeiras deverá receber duas partidas. Contudo, o atual presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, já vislumbra os clássicos de 2015. Com isso, o dirigente argumentou que prefere ter apenas jogos com a torcida do Palmeiras. Segundo ele, a medida pode ser uma boa saída para a segurança, e também para a obtenção de maiores ganhos do clube.

- Defendo jogo de uma torcida só. Quando dão 5% à torcida visitante em clássicos, vão os torcedores que são mais assíduos, mas que eventualmente acabam entrando em confusão. É um risco ao próprio torcedor e um gasto muito grande até com a segurança. Quando você cede dois mil ingressos, perde muito mais que dois mil. Com torcida única, atendemos mais torcedores, ganhamos mais dinheiro e, de maneira indireta, evitamos que pessoas se machuquem ou até morram - disse, em entrevista à TV Gazeta.

Fazer clássico com a torcida visitante reduzida gerou prejuízo para o próprio Palmeiras. O time jogou contra o Coringão na Arena e os palmeirenses quebraram cerca de 170 cadeiras. Um acordo feito com o arquirrival obrigava o Palmeiras a pagar pelo prejuízo, de quase R$ 58 mil.O clube de Palestra Itália ainda recebeu uma multa do STJD no valor de R$ 5 mil reais.

Veja Mais:

  • Carille se despediu em entrevista concedida num hotel em São Paulo

    Carille detalha negociações com árabes, minimiza aspecto financeiro e explica fala do pai

    ver detalhes
  • Dupla foi chamada para amistoso entre Paraguai e Japão

    Dupla paraguaia é convocada para amistoso e vira desfalque para o Corinthians

    ver detalhes
  • Pedro Henrique trabalhou com Osmar Loss durante empréstimo ao Bragantino, em 2015

    Pedro Henrique projeta 'era Osmar Loss' e aponta diferença para Carille: 'É um cara mais durão'

    ver detalhes
  • Estudioso, Loss começa sua trajetória como treinador do Corinthians nesta quinta-feira

    Títulos na base e evolução como auxiliar: conheça Osmar Loss, o novo técnico do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes