CBF mantém regras da Copa do Brasil e chances do Timão ir para a Libertadores voltam à aumentar

CBF mantém regras da Copa do Brasil e chances do Timão ir para a Libertadores voltam à aumentar

Por Larissa Emanuelle

Chances do Timão conseguir uma vaga para a Libertadores como 5°colocado permanecem

Chances do Timão conseguir uma vaga para a Libertadores como 5°colocado permanecem

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Depois da confusão envolvendo as regras da final da Copa do Brasil, onde Cruzeiro e Atlético Mineiro disputarão o título, a Confederação Brasileira de Futebol emitiu um comunicado confirmando que o vice-campeão da competição não herdará uma vaga na Libertadores 2015.

Segundo levantamento feito pelo site UOL nos últimos dias, caso o Cruzeiro conquistasse o título, o Atlético teria acesso à competição continental mesmo com o vice-campeonato, complicando os interesses das equipes que torcem para que aconteça a transformação do G4 para G5, como o próprio Corinthians.

No entanto, as regras não modificaram e somente o campeão conseguirá a vaga, mantendo a 'tradição' da disputa. Portanto, as chances do Corinthians se classificar para a Libertadores, ainda como quinto colocado, permanecem.

Confira o enunciado da CBF sobre a manutenção da regra:

'A CBF informa que na hipótese de o clube campeão da Copa do Brasil de 2014 também conquistar o direito de participação na Copa Libertadores em virtude de sua classificação no Campeonato Brasileiro da Série A de 2014, esse clube acessará a Copa Libertadores de 2015 com base na conquista do título de campeão da Copa do Brasil, ingressando na segunda fase da competição continental.

Neste caso, será aberta mais uma vaga a ser preenchida por clube advindo do Campeonato brasileiro Série A de 2014'.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes