Atletas do Timão ficam preocupados com o cansaço na última grande sequência de jogos do ano

Atletas do Timão ficam preocupados com o cansaço na última grande sequência de jogos do ano

Por Meu Timão

Renato Augusto está preocupado com o desgaste físico da equipe alvinegra

Renato Augusto está preocupado com o desgaste físico da equipe alvinegra

O Coringão fará uma das mais desgastantes maratonas do ano. Em cinco dias, o elenco deverá viajar quase 7 mil quilômetros para encerrar a última grande sequência de jogos do ano.

Com o duelo contra o Bahia, em Salvador, e o jogo contra o Goiás, em Belém, os atletas estão bastante preocupados com o condicionamento para as rodas finais do Brasileirão. As informações são de Diego Ribeiro, repórter do Globo Esporte.

Um dos grandes problemas enfrentados pelo Corinthians é com relação à partida contra o Goiás. Visando ter uma renda maior, o time do centro do País tirou o jogo de Goiânia e levou para Belém, no Mangueirão.

Com isso, o Coringão teve que refazer toda seu planejamento de viagem e toda a preparação envolvendo a equipe ficou mais corrida. A delegação alvinegra viaja para Salvador no sábado, volta para São Paulo no domingo e só viajam para a capital do Pará na noite de domingo.

O primeiro trajeto, São Paulo - Salvador, já é de 2.900 quilômetros. A ida ao Pará e o retorno a São Paulo acrescenta mais 4 mil quilômetros à conta alvinegra. Uma distância muito grande em pouco tempo.

- Somos muito bem recebidos quando vamos a cidades mais distantes. Foi assim em Manaus, Cuiabá... Mas claro que o desgaste preocupa. Temos estar preparados para enfrentar essa maratona e, se possível, trazer seis pontos na bagagem - afirmou Renato Augusto.

O Corinthians cogitou a ida direta de Salvador a Belém, mas a escassez de voos diretos e o desejo de ficar perto de casa pesaram. Dos três últimos jogos do ano, dois são na Arena e um contra o Fluminense, no Maracanã.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes