Se quiser voltar pro Corinthians, Tite terá que abaixar sua pretensão salarial

Se quiser voltar pro Corinthians, Tite terá que abaixar sua pretensão salarial

Por Meu Timão

Tite precisaria reduzir pedida salarial para voltar ao Timão

Tite precisaria reduzir pedida salarial para voltar ao Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois que deixou o Corinthians, Tite passou o ano em um trabalho de reciclagem - de estudos teóricos a vivência na Europa, o treinador não ficou parado. Aguardando um convite frustado para comandar a seleção após a Copa.

Por isso, o treinador recusou todos os convites de trabalho que recebeu até o começo de julho. Agora, aguarda definição política no Corinthians para um possível retorno - Tite já foi colocado como a preferência do candidato da situação, Roberto de Andrade.

Apesar disso, Tite continua sendo sondado por outros clubes, que tem intenção de contar com o treinador. É o caso de Internacional e do Santos - e para esses clubes a pedida salarial do técnico assustou. Seu representante, Gilmar Veloz, teria indicado que os valores para contar com treinador campeão do mundo giram em torno de R$1 milhão por mês.

Não se sabe, porém, se seria esse o mesmo valor que o treinador tentaria negociar no Corinthians. Tite tem interesse em voltar, e o valor com toda certa o afastaria do Parque São Jorge - independente de quem ganhasse a eleição.

O salário atual de Mano, por exemplo, está em torno dos R$630mil - e é o mais alto salário do Brasil para a função. Porém, o contrato de Mano se encerra em dezembro, e os candidatos à presidência do Corinthians já falaram de planos para reduzir o valor gasto com salário de treinadores.

Além disso, o Corinthians ainda luta com restrições financeiras, uma vez que pretende acelerar o pagamento da Arena. Por isso, se Tite quiser voltar mesmo pro Corinthians, terá de reduzir sua pedida salarial, com valores mais modestos do que pediu para o Internacional.

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes