Depois de 'limpa', Corinthians tem elenco mais enxuto dos últimos 26 anos

Depois de 'limpa', Corinthians tem elenco mais enxuto dos últimos 26 anos

Por Meu Timão

Ralf e Fábio Santos são alguns dos jogadores que resistiram à 'limpa' no Timão

Ralf e Fábio Santos são alguns dos jogadores que resistiram à 'limpa' no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Se tem uma coisa que mudou no Corinthians entre a época de Tite e Mano Menezes é o tamanho do elenco corinthiano - entre as duas temporadas, a quantidade de jogadores integrando a equipe caiu quase pela metade. Sob o comando de Tite, o Corinthians tinha 45 jogadores no elenco. Atualmente, o time comandado por Mano Menezes conta com apenas 27. É o número mais enxuto do elenco desde 1992.

Nomes que praticamente não entravam em campo inchavam o elenco e jogares importantes foram cortados gradualmente do time corinthiano. No total, 31 jogadores deixaram o time principal entre 2013 e 2014: Júlio César, Alessandro, Chicão, Cléber, Paulo André, Guilherme, Igor, Denner, Weldinho, Diego Macedo, Antonio Carlos, André Vinicius, Rodinei, Yago, Paulinho, Douglas, Maldonado, Rodriguinho, William Arão, Ibson, Jorge Henrique, Edenílson, Giovanni, Nenê Bonilha, Jocinei, Zizao, Pato, Sheik, Leo, Paulo Victor e Romarinho.

Integrados ao elenco, um número mais modesto: entre novas contratações, empréstimos e jogadores promovidos da base, o Timão adicionou apenas 13 jogadores. Promoveu Guilherme Arana, Pedro Henrique, Malcom e Gustavo Tocantins, e trouxe Uendel, Fagner, Elias, Jadson, Lodeiro, Petros, Luciano e Romero.

O time mais enxuto, porém, não prejudicou o desempenho no Brasileiro - o Corinthians teve sua terceira melhor pontuação da era dos pontos corridos, e uma classificação melhor que em 2013.

Veja Mais:

  • Vidotto, Léo Príncipe, Bastos e Giovanni: quarteto não está nos planos em 2018

    Vetados do Paulistão e 'encostados': os nove jogadores que não devem ficar no Corinthians

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado no início da atual temporada

    Mesmo sem clube quando contratado, Renê Júnior custará R$ 5 milhões aos cofres do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim destoou em goleada corinthiana sobre São Caetano; Neto 'pediu cabeça' do atacante

    Com até cutucada em Tite, Neto detona manutenção de Kazim como titular do Corinthians

    ver detalhes
  • Warian está fora dos planos de Carille para 2018

    Por questões contratuais, volante tem empréstimo dificultado e pode ficar encostado no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes