Ex-lateral do Botafogo pode ser o primeiro reforço do Timão para 2015

Ex-lateral do Botafogo pode ser o primeiro reforço do Timão para 2015

Por Meu Timão

Edilson pode ser o novo reforço do Timão

Edilson pode ser o novo reforço do Timão

Foto: Divulgação/Botafogo

O ex-lateral do Botafogo, Edilson, pode ser o primeiro reforço do Coringão para a temporada de 2015. O jogador, que teve o contrato rescindido com o clube carioca unilateralmente a pedido do presidente Mauricio Assumpção no início de outubro, está treinando no CT Joaquim Grava para manter a forma. As informações são do jornal Lancenet.

Segundo o jornal, o Timão tem interesse nele, mas a contratação depende da avaliação do próximo treinador, já que Mano Menezes não deve continuar.

O jogador é natural do Paraná em tem 28 anos. Ele defendeu o Bota em 2013 e 2014. Antes, havia atuado pelo Grêmio por três anos, incluindo uma temporada emprestado ao Atlético-PR. Começou sua carreira no Avaí e passou ainda por Vitória, Atlético-MG, Ponte Preta e Joinville, entre outros clubes.

Além de Edilson, o Timão também pretende contar com Fagner na lateral em 2015. Na segunda-feira, o atleta que pertence ao Wolfsbrug (ALE) e está no Corinthians por empréstimo, já avisou, em entrevista a ESPN, que gostaria de permanecer no elenco.

Veja Mais:

  • Timão conquistou Paulistão sobre a Ponte Preta; times voltam a se enfrentar logo na abertura de 2018

    Corinthians e Ponte Preta reeditam final na abertura do Paulistão 2018; veja a tabela

    ver detalhes
  • Alessandro Nunes e Roberto de Andrade são responsáveis por formar elenco de 2018

    Presidente do Corinthians estabelece número ideal de contratações para 2018 e promete time forte

    ver detalhes
  • Carille deve ajudar Jô na missão do atacante pela artilharia

    Reta final do Corinthians terá titulares contra Flamengo e Atlético-MG e reservas diante do Sport

    ver detalhes
  • Sem 'canetadas', Corinthians é maior campeão nacional com sete títulos brasileiros

    'Corinthians é o maior campeão brasileiro', diz historiador palmeirense da USP

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes