Técnico Mano Menezes garante elenco motivado e sai em defesa dos zagueiros

Técnico Mano Menezes garante elenco motivado e sai em defesa dos zagueiros

Por Meu Timão

Ponto alto nas conquistas do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, a defesa do Corinthians  não conseguiu manter o desempenho no Campeonato Brasileiro. Em 30 jogos, foram 43 gols sofridos e atuações que deixaram o torcedor preocupado para a Taça Libertadores de 2010. Apesar da queda, o setor continua com crédito, pelo menos com o técnico Mano Menezes. Para o treinador, a culpa não pode ser colocada apenas no sistema defensivo.

- Da mesma forma que enxergo as soluções de forma coletiva, nossos problemas defensivos também passam a ser coletivos. Se o nosso time é mais atacado, é porque fica menos com a bola. Toda defesa atacada uma hora cede. Se deixar que o adversário se aproxime com insistência, uma hora acontece o gol. E estamos deixando isso mais do que antes – justificou.

Com o entrosamento vindo desde a Série B, o Corinthians iniciou o ano com a defesa em grande fase, contribuindo bastante para os títulos do primeiro semestre. No entanto, na segunda metade do ano, André Santos foi embora, enquanto Chicão, William e Alessandro sofreram com seguidas lesões. Assim, Mano foi obrigado a escalar Balbuena, Paulo André, Marcinho e os garotos Diego e Renato, mas sem corresponder à altura.

Apesar dos retornos de William e Chicão, o setor voltou a oscilar na derrota por 2 a 0 para o Sport, domingo passado, na Ilha do Retiro, no Recife. Mano, porém, saiu em defesa dos atletas e garantiu que todos estão motivados, mesmo sem qualquer chance de brigar pelo título do Brasileirão.

- Não fizemos um bom jogo diante do Sport, mas sempre foi difícil jogar na Ilha. Foi ainda mais difícil pelo calor. Não temos problema de desmotivação, nada que seja significativo para o rendimento da equipe. Não tenho nada para reclamar da disposição dos jogadores – completou o comandante.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Se o Corinthians não tropessasse em jogos faceis, teríamos chances de sermos campeões?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes