Torcida uniformizada do Corinthians será fechada pela justiça por 120 dias

Torcida uniformizada do Corinthians será fechada pela justiça por 120 dias

Por Meu Timão

Até o carnaval na quadra da Gaviões foi proibido

Até o carnaval na quadra da Gaviões foi proibido

Na última terça-feira, a 23ª vara cível de São Paulo decretou o fechamento provisório da maior torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, por 120 dias. Segundo a punição publicada no site UOL, torcedores do Corinthians não poderão vestir uniformes da torcida organizada nos jogos do time. Além disso, até a escola de samba está impedida de funcionar nesse período. A punição começa a valer daqui 10 dias.

A punição foi dada por conta de uma briga envolvendo torcedores do Corinthians e do São Paulo após um clássico no Morumbi empatado em 0x0. Na ocasião, membros das organizadas participaram de brigas com agressões físicas com torcedores do São Paulo, segundo o promotor Roberto Senise Lisboa.

Segundo Davi Gebara, advogado da Gaviões, a culpa do confronto foi causada por uma má estratégia da polícia:

- Sempre que há clássicos, a torcida é escoltada do Bom Retiro ao estádio, e depois no retorno. Após esse jogo, PM acabou deixando um ônibus da Gaviões para trás, ao mesmo tempo em que liberou o comboio de torcedores do São Paulo. Isso gerou a situação, foi um erro de estratégia da PM - disse o advogado da Gaviões, ao UOL.

Veja Mais:

  • Zagueiro Pablo está recuperado e deve reforçar Timão no domingo

    Titular retorna, e Carille esboça escalação do Corinthians para duelo com Atlético-GO

    ver detalhes
  • Mendoza segue a rotina de treinos durante a semana e folga aos finais de semana

    Clube colombiano demonstra interesse em Mendoza; Corinthians já tem decisão tomada

    ver detalhes
  • Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    ver detalhes
  • Felipe está em alta no Porto, mas Corinthians ainda não viu a cor de boa parte da grana da venda

    Porto atrasa pagamento da compra de Felipe, e Corinthians teme calote milionário

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes