Dois clubes europeus mostram interesse em Paolo Guerrero

Dois clubes europeus mostram interesse em Paolo Guerrero

Por Meu Timão

Guerrero está na mira de dois clubes italianos

Guerrero está na mira de dois clubes italianos

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Enquanto não renova com o Corinthians, o peruano Paolo Guerrero continua na mira de clubes europeus e nessa semana, dois times do velho continente demostraram interesse em contar com o camisa 9 do Timão para a próxima temporada.

De acordo com o portal Calcio Mercato, tanto a Sampdoria quanto a Inter de Milão estão querendo trazer o jogador para o futebol italiano. Segundo a publicação, os clubes estão dispostos a pagar algo em torno de 3 a 4 milhões de euros para o Corinthians liberar o jogador mais cedo, já que o contrato de Guerrero se encerra em julho de 2015.

Apesar do interesse dos italianos, Guerrero já afirmou e reafirmou sua vontade de permanecer no Timão, o problema é que, devido ao alto salário exigido pelo jogador, o Corinthians terá que fazer uma engenharia financeira para continuar contando com o camisa 9 nos próximos anos.

Com 30 anos, Paolo Guerrero é o artilheiro do Corinthians no campeonato brasileiro, marcou gols nos últimos seis jogos que disputou pelo time, é ídolo do time e marcou os dois gols do Timão no Mundial de Clubes em 2012.

Veja Mais:

  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes
  • Arena Corinthians será palco de diversos mata-matas em abrl

    Corinthians inicia venda de ingressos para Copa do Brasil e quartas do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes