'Se pagar o que Guerrero está pedindo, pode prejudicar todos os clubes do Brasil', afirma comentarista

'Se pagar o que Guerrero está pedindo, pode prejudicar todos os clubes do Brasil', afirma comentarista

Por Larissa Emanuelle

Guerrero ainda negocia a sua renovação de contrato com o Corinthians

Guerrero ainda negocia a sua renovação de contrato com o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Negociando sua renovação de contrato com o Corinthians, o centroavante Guerrero já afirmou que deseja permanecer, mas ainda espera um acerto financeiro com o clube, tanto relacionado à salário, quanto as luvas.

Segundo o ex-jogador do Timão e hoje comentarista, Zé Elias, o pedido de Guerrero pode prejudicar tanto o clube paulista como outros clubes do Brasil.

"Se abrir esse precedente pra pagar o que vai pagar para o Guerrero, não reclame depois de outros jogadores pedirem absurdo para jogar no Corinthians", disse no programa Bate-bola, da ESPN Brasil.

"Isso vai ser uma consequência que vai prejudicar todos os clubes do Brasil, porque se você abre essa possibilidade de pagar o que o Guerrero está pedindo, então qualquer jogador hoje vai pedir uma coisa estratosférica", finalizou.

O mesmo ainda chamou atenção para os problemas financeiros que o clube enfrenta graças à valores altos pagos para atletas e que podem se agravar, caso não exista um controle dos gastos.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes