Lista da Forbes põe Corinthians como 'bi-campeão' no ranking de mais valiosos das Américas

Lista da Forbes põe Corinthians como 'bi-campeão' no ranking de mais valiosos das Américas

Por Meu Timão

Corinthians é o mais valioso das Américas

Corinthians é o mais valioso das Américas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Pelo segundo ano consecutivo, o Corinthians é campeão no ranking dos mais valiosos da América. Em lista publicada pela revista Forbes, o time repetiu o feito de 2013, e ficou no topo da tabela - o clube também é o único do continente a valer mais de U$500 milhões.

A lista levou em consideração três critérios: patrimônio, valor do elenco e valor da marca. Somados os três fatores, o Corinthians foi avaliado em um total de 579.9 milhões de dólares.

Sozinho, o Timão é mais valioso que a soma dos dois grandes rivais da cidade: Palmeiras e São Paulo. A publicação destacou que a além da nova Arena, a marca e elenco poderoso são os grandes trunfos do clube - que vale 60% mais que o segundo colocado, deixando-o em posição isolada na tabela de valores.

Além do Corinthians, mais 15 clubes brasileiros aparecem na lista. A publicação também destacou o crescimento dos times americanos no ranking, e evidenciou o mercado emergente para o futebol nos Estados Unidos, onde o clube irá fazer a pré-temporada 2014.

Veja Mais:

  • Líder desde a quinta rodada, Timão tem oito pontos a mais que o vice Grêmio

    Rival direto tropeça e 'gordura' do líder Corinthians volta a crescer

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel está autorizada a frequentar estádios

    Reunião determina retorno das organizadas do Corinthians aos estádios

    ver detalhes
  • Danilo deve retornar aos gramados após longa recuperação

    Corinthians faz nova substituição em lista de inscritos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel (colete) é opção para jogo de quarta-feira; Pedrinho deve iniciar no banco

    De 'chave virada', Corinthians inicia preparação para duelo decisivo com Patriotas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes