Após 'desistência' do Grêmio, Corinthians tem caminho livre para acertar com Dudu

Após 'desistência' do Grêmio, Corinthians tem caminho livre para acertar com Dudu

Por Larissa Emanuelle

Grêmio não deve tentar segurar o atacante, que tem 'caminho livre' pra negociar com o Corinthians

Grêmio não deve tentar segurar o atacante, que tem 'caminho livre' pra negociar com o Corinthians

Sondado pelo Corinthians e atualmente jogando no Grêmio, o atacante Dudu não deve permanecer no futebol do Rio Grande do Sul. Após não conseguir a vaga na Libertadores da América, a equipe gaúcha não deve tentar segurar o jogador, segundo o repórter Vagner Martins, do Fox Sports.

Com a desistência do Grêmio em tentar contratar o atacante, que hoje pertence ao Dínamo de Kiev, o Corinthians teria caminho livre para negociar com o mesmo, já pensando em reforçar o seu setor ofensivo para a próxima temporada.

Também com dificuldades financeiras, o tricolor gaúcho não tem condições de fazer grandes contratações para a próxima temporada, principalmente sem ter conseguido a vaga para a competição continental. Com isso, o Timão tem mais chances de contar com Dudu no próximo ano.

Para trazer o atacante, o clube alvinegro pode buscar um empréstimo. No entanto, o time ucraniano deve preferir vender o jogador, que tem cláusula contratual de 6 milhões de euros.

Veja Mais:

  • Equipe superou o erro da arbitragem e venceu clássico com um a menos

    Épico! Histórico! Na raça! Corinthians supera lambança da arbitragem e vence o Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto deixa a Arena Corinthians de terno e gravata

    Com lágrima no olho, árbitro assume erro com Gabriel: 'Só peço que minha carreira não acabe'

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade detona árbitro do Dérbi: 'Tá de brincadeira, p****'

    Roberto de Andrade detona árbitro do Dérbi: 'Tá de brincadeira, p****'

    ver detalhes
  • Gabriel provocou palmeirenses depois de vencer Dérbi

    Expulso, Gabriel provoca ex-clube em vídeo ao vivo: 'Cadê?'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes