Após 'desistência' do Grêmio, Corinthians tem caminho livre para acertar com Dudu

Após 'desistência' do Grêmio, Corinthians tem caminho livre para acertar com Dudu

Por Larissa Emanuelle

Grêmio não deve tentar segurar o atacante, que tem 'caminho livre' pra negociar com o Corinthians

Grêmio não deve tentar segurar o atacante, que tem 'caminho livre' pra negociar com o Corinthians

Sondado pelo Corinthians e atualmente jogando no Grêmio, o atacante Dudu não deve permanecer no futebol do Rio Grande do Sul. Após não conseguir a vaga na Libertadores da América, a equipe gaúcha não deve tentar segurar o jogador, segundo o repórter Vagner Martins, do Fox Sports.

Com a desistência do Grêmio em tentar contratar o atacante, que hoje pertence ao Dínamo de Kiev, o Corinthians teria caminho livre para negociar com o mesmo, já pensando em reforçar o seu setor ofensivo para a próxima temporada.

Também com dificuldades financeiras, o tricolor gaúcho não tem condições de fazer grandes contratações para a próxima temporada, principalmente sem ter conseguido a vaga para a competição continental. Com isso, o Timão tem mais chances de contar com Dudu no próximo ano.

Para trazer o atacante, o clube alvinegro pode buscar um empréstimo. No entanto, o time ucraniano deve preferir vender o jogador, que tem cláusula contratual de 6 milhões de euros.

Veja Mais:

  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes
  • Não agradou - Titular no Majestoso, Guilherme teve atuação discreta na decisão da Florida Cup

    Meia do Corinthians tem nota próxima do zero após empate

    ver detalhes
  • Timão disputou primeiro clássico de 2017 na noite deste sábado

    Clássico termina empatado e Corinthians perde título para rival nos pênaltis

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi chutado por Bruno

    Marquinhos Gabriel leva chute na cabeça; árbitro ignora, mas expulsa Kazim e Maicon

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes