Ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, ironiza possível confronto com o São Paulo

Ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, ironiza possível confronto com o São Paulo

Por Meu Timão

4.3 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Andrés aproveitou a oportunidade para debochar do São Paulo

Andrés aproveitou a oportunidade para debochar do São Paulo

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, não parece preocupado com a possibilidade de enfrentar o São Paulo na fase de grupos da Libertadores em 2015.Em uma entrevista concedida hoje à rede Bandeirantes, Andrés destacou a preocupação em enfrentar o San Lorenzo, atual campeão da competição.

No entanto, ironizou a presença do São Paulo - que chamou de 'rei da Libertadores' - na mesma chave.

- Você vai cair em um grupo com o atual campeão (San Lorenzo), com rei da Libertadores, com o time que sempre ganha... Se bem que faz um tempo que o São Paulo não ganha já, né? - debochou o ex-dirigente.

São Paulo e San Lorenzo estão no Grupo 2 da Libertadores 2015, ao lado de Danúbio (URU). O Corinthians pode integrar a chave caso termine o Campeonato Brasileiro em quarto lugar - neste caso, disputará a pré-Libertadores contra um time colombiano, em confronto que indicará o quarto clube do grupo.

Veja Mais:

  • Manoel foi anunciado pelo Corinthians na tarde desta quarta-feira

    Corinthians anuncia contratação de Manoel até o final da temporada

    ver detalhes
  • Frente da camisa corinthiana estava vaga desde primeiro semestre de 2017

    Corinthians fecha patrocínio máster e prepara anúncio nesta quinta-feira, diz colunista

    ver detalhes
  • Com dores no tornozelo, Sornoza foi retirado do treino desta quarta; Timão estreia domingo

    Sornoza sente e vira dúvida no Corinthians para estreia no Paulista; Romero participa de coletivo

    ver detalhes
  • Manoel acumulou duas taças importantes com a camisa do Cruzeiro

    Destaque na Copa-SP, melhor do Brasileiro e multicampeão: conheça Manoel, oitavo reforço do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes