Defederico desencanta, e Corinthians bate o Vitória

Defederico desencanta, e Corinthians bate o Vitória

Por Meu Timão

Defederico comemora seu primeiro gol no Corinthians

Defederico comemora seu primeiro gol no Corinthians

Foto: Agência Estado

Matías Defederico desencantou. Reforço mais caro do Corinthians em 2009, o meia argentino marcou o gol do triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória na noite desta quarta-feira, no estádio Barradão. O resultado positivo dá confiança para a equipe paulista jogar o clássico contra o Palmeiras.

Distante das disputas pelo título do Campeonato Brasileiro e contra o rebaixamento à Série B, o Corinthians melhorou a sua situação na tabela de classificação. Passou a totalizar 45 pontos, superando o próprio Vitória, que tem 44.

Já o time baiano diminuiu ainda mais as suas chances de também estar na Copa Libertadores da América de 2010. Tentará se recuperar contra o Coritiba no domingo, no estádio Couto Pereira. O jogo entre Palmeiras e Corinthians será no mesmo dia, em Presidente Prudente.

O jogo - O técnico Mano Menezes tentou reforçar a armação do Corinthians em Salvador. A equipe entrou em campo com o meia argentino Matías Defederico no lugar do atacante Dentinho. E demonstrou mais disposição e organização do que em suas últimas apresentações.

Aos 9 minutos, o Corinthians provou que estava bem treinada por Mano. Em uma cobrança de falta ensaiada, o zagueiro Chicão invadiu a área em velocidade, driblou o goleiro Viáfara e chutou nas redes. Mas pelo lado de fora.

O Vitória, no entanto, tomava a iniciativa de atacar. Enquanto o Corinthians avançava aos berros de Mano Menezes, que gesticulava muito à beira do campo, o time baiano contava com cantoria de sua fanática torcida para tentar incomodar o goleiro Felipe, prata da casa.

Felipe estava inspirado. Conseguiu fechar o gol nas melhores chances criadas pelo Vitória no primeiro tempo, quase sempre em jogadas aéreas. Aos 27 minutos, o goleiro teve a ajuda da trave. Gláucio cruzou da esquerda, e Leandrão cabeceou para o chão. No poste.

Logo em seguida, o Corinthians perdeu o lateral esquerdo improvisado Marcelo Oliveira, machucado. O paraguaio Balbuena foi o substituto e, em 10 minutos, viu de perto outra oportunidade de gol do Vitória. Wallace cabeceou com firmeza, e Felipe se esticou para espalmar.

Ronaldo se esforçava para responder pelo Corinthians. No final da primeira etapa, cortou a marcação na entrada da área e chutou em cima de Nino. Ganhou aplausos do também atacante Roger, que estava no banco de reservas do Vitória, porém ficou insatisfeito. "O gramado é muito ruim. A bola não rola", protestou o Fenômeno no intervalo.

A bola passou a rolar ainda menos no segundo tempo, mas porque as duas equipes pioraram tecnicamente. E logo mexeram em suas formações. Anderson Martins e Neto Berola substituíram Robinho (lesionado) e Elkeson no Vitória. Já Boquita entrou no lugar do apagado Edu no Corinthians.

Aos 22 minutos, finalmente foi o placar que mudou. Jucilei enfiou a bola para Defederico, que invadiu a área e chutou no canto para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. O argentino correu em direção ao banco de reservas e vibrou bastante.

Com Roger na vaga de Leandrão, o Vitória também balançou as redes em seguida, mas o árbitro Márcio Chagas da Silva assinalou impedimento de Neto Berola. Mesmo com o ímpeto do adversário em busca do empate, Mano Menezes fez mais uma alteração ofensiva no Corinthians. Dentinho entrou em campo, e Defederico saiu muito sorridente.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Defederico deveria ser titular?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes