Segundo empresário, Sheik ficou bastante feliz com a volta de Tite ao Coringão

Segundo empresário, Sheik ficou bastante feliz com a volta de Tite ao Coringão

Por Meu Timão

Emerson Sheik pode voltar ao Coringão

Emerson Sheik pode voltar ao Coringão

Reinaldo Pitta, empresário de Emerson Sheik, confirmou que o jogador deve se apresentar com o restante do elenco alvinegro no dia 5 de janeiro, no CT do Parque Ecológico.As informações são do IG.

Após um período de empréstimo, o atacante espera ficar no clube para cumprir os seis meses restantes de seu contrato. E o agente não surpreendeu ao apontar o que levou a manifestação do atleta de 36 anos.

- O que posso dizer é que o Emerson está feliz por ser o Tite. Ele nunca desejou sair do Corinthians - afirmou em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes.

Sheik já vinha de um semestre ruim sob comando de Tite, em 2013, e ficou claramente fora dos planos quando Mano Menezes assumiu a equipe alvinegra, no início de 2014. Acabou sendo emprestado ao Botafogo e agora voltou ao Coringão.

Em sua apresentação, o novo velho comandante apontou que o atacante 'é patrimônio do clube'. Os dirigentes cobraram disciplina. 'Caso ele esteja comprometido, vamos colher os frutos', disse o gerente de futebol Edu Gaspar. Resta esperar para ver o que pode sair desses dois.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes