Além de salário menor, novo contrato de Tite com Corinthians renuncia multa rescisória

Além de salário menor, novo contrato de Tite com Corinthians renuncia multa rescisória

Por Meu Timão

Tite e Corinthians fazem história novamente: agora fora dos gramados

Tite e Corinthians fazem história novamente: agora fora dos gramados

Tite e Corinthians estão juntos mais uma vez fazendo história - só que dessa vez fora dos gramados. Em acordo inédito no futebol brasileiro, treinador e clube criaram um modelo de contrato que não terá multa rescisória.

O contrato entre ambos é de 3 anos, duração incomum no futebol brasileiro. Caso realize todos os jogos, o treinador passaria a marca histórica de Oswaldo Brandão. Apesar da longa duração, o acordo pode ser desfeito a qualquer momento, sem prejuízos entre as partes.

Isso significa que além do salário mais baixo (dos 700 mil reais iniciais, o acerto se deu por 430mil reais - menos do que o técnico recebia em sua passagem anterior), Tite também aceitou o que muitos técnicos jamais aceitariam: lidar com a instabilidade do futebol. Um resultado ruim poderia levar a demissão do treinador, que sem a multa rescisória não teria garantias.

O contrário, também valeria para Tite caso o mesmo quisesse deixar o clube. Além disso, o treinador será recompensado por resultados, tendo previsto em cláusulas valores milionários a cada título conquistado - segundo o jornal Folha de São Paulo, por suas conquistas anteriores, somente em 2014 treinador chegou a receber R$5 milhões em premiações devidas pelo clube.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes